CEO da SanDisk levanta “bandeira branca” para o iPod

Segunda maior fabricante no mercado de PMPs, a SanDisk foi apenas uma das muitas empresas de tecnologia pessoal a tentar competir com o iPod nesse setor, e, depois de quase 10 anos desde que esses aparelhinhos começaram a dar as caras pelo mundo, parece que o CEO da empresa decidiu aceitar a derrota e admitir que a Apple soube dominar esse mercado desde o início.

SanDisk Sansa Fuze

De 2001 pra cá, vimos as duas companhias se atacarem no mercado diversas vezes, algo que foi o catalisador da campanha “iDon’t”, produzida para tentar convencer a mídia especializada de que ninguém usava opinião pessoal para adquirir um produto do tipo, e sim a popularidade dele. A linha Sansa, oferecida pela SanDisk, chegou a ser precursora de algumas novidades no setor de tocadores musicais. Foi ela que, em 2006, apresentou o primeiro aparelho com 8GB de memória flash, por exemplo.

Mas mesmo com essas pequenas atitudes pioneiras, ela nunca deixou de ser uma marca que representa apenas o tocador com algo além dele. Já a Apple, ao mesmo tempo em que inventou diferentes linhas de produtos dentro desse segmento ao longo de quase uma década, soube sanar na hora certa, aos poucos, as maiores dificuldades que o mundo de entretenimento digital enfrentou.

O resultado disso nós vemos a cada resultado financeiro da Maçã, que sempre traz números estáveis nas vendas de iPods. No geral, o negócio de entretenimento digital da empresa cresce a cada dia, sempre trazendo alguma novidade ou expandindo-a pelo mundo. Hoje, 70% do conteúdo digital comercializado é gerado pela Apple, que também detém cerca de 74% do mercado de PMPs.

Hoje, a grande inimiga da SanDisk é a Microsoft, com a linha Zune, que vem tomando market share de várias empresas menores. Desde que entrou nesse setor, no final de 2006, a gigante de Redmond vendeu 3% do total de tocadores musicais que existem por aí. A chegada de novos serviços e aparelhos da marca este ano mostra que ela está aprendendo um pouco com o que a Apple vem fazendo, e é a concorrente que conta com maior potencial para ultrapassar a SanDisk num futuro não muito longe.

Posts relacionados

Comentários