MobileMe está preparado para uso do recurso “Find My iPhone” no iPhone OS 3.0 (e nós já testamos)

08-findmyiphoneO Newton Mota detalhou ontem o recurso “Find My iPhone” que a Apple implantou na versão 3.0 do iPhone OS, mas uma coisa importante que merece ser notada é que o recurso já está pronto para ser usado no MobileMe. Isso quer dizer que quem fez o download do GM seed liberado ontem durante a WWDC ’09 já pode testar a novidade, seja localizando seu aparelho, seja enviando uma mensagem para ele, ou até executando comandos de exclusão total dos dados no aparelho.

O MacMagazine testou o recurso, e é fato que ele funciona muito bem. O funcionamento das suas três características principais está detalhado a seguir:

Localização

Find my iPhone

O iPhone/iPod touch perdido obviamente apenas poderá ser localizado caso esteja conectado à internet por meio de uma rede celular ou Wi-Fi, então a primeira coisa que vocês devem notar na imagem acima é que ele estabelece uma conexão direta com o aparelho ao tentar localizá-lo — ao configurar sua conta MobileMe no iPhone, a ativação desse recurso é feita pelo usuário, e não automaticamente. A partir daí, ele inicia uma tentativa de localização.

Mesmo que seu iPhone não possua GPS (ou você tenha um iPod touch), você pode usar o Find My iPhone com triangulação de antenas. Ele tenta obter sua localização da melhor e mais precisa forma possível, e passa as informações de latitude e longitude obtidas a partir do aparelho para o Google Maps. Quando o resultado não é muito preciso ou se você quiser fazer uma nova localização, um botão Update Location está disponível, logo abaixo do mapa. Zoom e opções de imagem também são providas pelo Google Maps.

Envio de mensagem ao aparelho

Funciona instantaneamente. Use o botão Display a Message logo abaixo das opções de localização do aparelho e então digite o que deseja mostrar na tela do aparelho perdido/roubado. Seja breve: apenas 160 caracteres são suportados.

Find my iPhone

Clicando em Send, a mensagem é entregue ao aparelho imediatamente, sem atrasos. O som emitido por esse alerta toca por até dois minutos, mesmo com o iPhone em modo silencioso, mas se você quiser pode desativá-lo. Note que o aparelho deve estar conectado a um rede de dados para exibir a mensagem e ativar o som, como mostra a screenshot a seguir:

Find my iPhone

E, claro, um email é enviado para você assim que a mensagem é entregue no iPhone:

Find my iPhone

“Destruição” remota

Se não tiver certeza se conseguirá recuperar o seu iPhone/iPod touch perdido, é recomendado que você envie um comando de “destruição” remota para ele. A opção para isso vai logo abaixo das opções de envio de mensagens. Clicando sobre ela, um aviso pede sua confirmação e ciência de que a função não pode ser revertida ou cancelada, e que nada poderá ser recuperado no aparelho após a execução do comando. Ao pressionar o botão Erase all Data, o comando é enviado e executado assim que o aparelho se conectar a uma rede de dados.

Find my iPhone

Caso esteja achando dramático ou estranho da minha parte chamar isso de “destruição”, saiba que a função faz jus ao nome: todos os dados são destruídos sem possibilidade de restauração, e o iPhone/iPod touch é “brickado”, não pode ser religado e, de acordo com que foi passado por Scott Forstall em sua apresentação, só poderá ser recuperado a partir de um backup do iTunes correspondente a ele — lembrem-se de que todos os backups do iTunes serão criptografados com identificação de hardware graças à chegada do iPhone OS 3.0 e do iPhone 3G S.

Um email também confirma a execução do processo:

Find my iPhone

. . .

Para finalizar, nossos correspondentes em São Francisco tiveram acesso ao GM seed do iPhone OS 3.0 e gravaram uma demonstração do “Find My iPhone”. Aproveite!

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=BQTZnKFaySE[/youtube]

Posts relacionados

Comentários