A instalação do Mac OS X 10.6 Snow Leopard Developer Preview, com screenshots

Ícone - Instalar Snow Leopard

Instalar Snow LeopardCom uma cópia do Developer Preview 2009 do novo sistema da Apple, não demorou muito para executarmos a instalação do mesmo em um Mac e assim registrar para vocês as nossas primeiras impressões. E, de fato, a Apple entrega o que promete em seu site: o sistema está mais sólido nessa primeira tarefa dos usuários, além de ocupar significativamente menos espaço em disco.

Como de praxe, no DVD de instalação estão algumas instalações opcionais além do preview de desenvolvedor — principalmente as ferramentas de desenvolvimento, que agora são compatíveis com as tecnologias novas do Snow Leopard e dão oportunidade de tirarmos vantagem delas em soluções fora da Apple. Mas isso obviamente só vem depois de executarmos a instalação, então, basta clicar duas vezes em Instalar Mac OS X e prosseguir da mesma maneira que vocês já devem conhecer.

12-snowleopard-dvd

Instalar Snow Leopard

Instalar Snow Leopard

Como sempre, apenas o essencial é perguntado ao usuário no momento da configuração da instalação. Mas o que mais me deixou curioso foi o momento que preparamos o disco onde o Snow Leopard seria colocado e clicamos em Personalizar:

Instalar Snow Leopard

Apenas 3,5GB. O software essencial do sistema deixou de ocupar mais de 9GB em disco e agora requer, de fato, 6GB a menos. Claro, além de agradecermos às muitas tecnologias de compressão para chegar a uma queda tão drástica, é bom lembrar que o Snow Leopard mira Macs Intel, então não existem mais binários universais nativos. Programas para Mac compilados para PowerPC e Intel sempre ocuparam mais espaço por conterem os bits necessários para rodar nas duas arquiteturas — com executável e compiladores para cada uma.

Claro, há outras instalações adicionais que os usuários finais poderão aceitar, caso queiram. Ele pode dispensar coisas como suporte adicional a impressoras, fontes adicionais e traduções de idioma que talvez não vá usar, mas desta vez também veio incluso o ambiente Rosetta nessa lista. Ou seja, até a inclusão da tecnologia que permite traduzir binários da plataforma PowerPC para Intel agora é um item opcional, que eu ainda acho que não é a hora de ser dispensado — vai saber se um dia você vai achar o aplicativo mais útil da sua vida compilado apenas para PowerPC, não é mesmo?

Por fim, damos início à instalação:

Instalar Snow Leopard

Instalar Snow Leopard

Uns 20 minutos depois — ainda não é mais rápido que no Leopard, tá Apple? 😛 —, cá estamos com o Mac OS X 10.6 Snow Leopard instalado:

Sobre Snow Leopard

E, ao tentarmos acessar o DVD do Snow Leopard no Finder para instalarmos os componentes adicionais, vimos que começamos _muito_ bem: 😛

Snow Leopard Finder

Espero que tenham gostado. Traremos mais impressões do futuro sistema da Apple em breve.

Posts relacionados

Comentários