Methodist University Hospital Transplant Institute do Tennessee confirma que Steve Jobs submeteu-se a um transplante de fígado

O Methodist University Hospital Transplant Institute liberou agora há pouco uma nota oficial do doutor James D. Eason, confirmando que o CEO da Apple, Steve Jobs, submeteu-se a um transplante de fígado sob o seu comando. A informação, divulgada há três dias em primeira mão pelo The Wall Street Journal, foi liberada com o aval de Jobs e revela que o processo contou com a parceria da Universidade do Tennessee, em Memphis, porém não especifica a data em que a cirurgia foi realizada.

Steve Jobs

De acordo com o hospital, Steve Jobs passou por todo o processo de avaliação para transplante e foi aprovado para o procedimento em conformidade às políticas do Instituto de Transplantes e da Rede Unida para Compartilhamento de Órgãos (UNOS). Aparentemente, o instituto é um dos 10 maiores centros de transplantes de fígado nos Estados Unidos e um dos que possui as melhores taxas de sobrevivência do país — o que deve ter contribuído para a escolha do local por Steve Jobs.

Jobs recebeu o transplante de fígado porque era o paciente com a maior pontuação MELD (Model for End-Stage Liver Disease, ou algo como “Modelo para Estágio Final de Doença do Fígado”) do seu tipo sanguíneo e, portanto, o paciente mais doente na lista de espera no momento em que um órgão de doador se tornou disponível. Isso vai de encontro, portanto, a rumores de que Jobs teria se beneficiado da sua fama e riqueza para conseguir um transplante mais rápido do que outras pessoas na fila.

O CEO e co-fundador da Apple “recupera-se bem e tem um prognóstico excelente”, afirma o doutor. Ainda ontem, a CNBC confirmou que Jobs compareceu ao campus da Apple em Cupertino. Mais tarde, um repórter anônimo da Reuters divulgou a informação de que ele teria deixado o local no final do dia em seus trajes tradicionais (turtleneck preta e calça jeans), entrando num carro preto (não na sua Mercedes, como de costume) e acompanhado apenas pelo seu motorista.

[Via: MacRumors.]

Posts relacionados

Comentários