Morgan Stanley: vendas de Macs voltam a crescer mês a mês

Em um estudo referente às vendas no mercado de PCs, a analista Katy Huberty, da Morgan Stanley, destacou a retomada do crescimento nas vendas de Macs, que também sofreram consideráveis quedas nos meses subsequentes ao último Natal, mas que ainda deixaram um certo ânimo para um melhor desempenho da Apple no período (mesmo que com uma leve queda). Agora, é possível notar um crescimento de 25% mês a mês, em relação a junho.

Família de Macs

Separando esse crescimento do restante da indústria, foi possível constatar que ele é 25 vezes maior entre maio e o mês passado. Para a responsável por essa pesquisa, isso representa um “catalisador para o crescimento”, mostrando que a Apple pode distanciar-se ainda mais do resto da indústria no terceiro trimestre.

Vendas de Macs - Morgan Stanley FQ3

Com esses números, os resultados financeiros da empresa para o terceiro trimestre fiscal (que deverão ser anunciados neste mês) prometem ser mais animadores. Anteriormente estimadas em 2,4 milhões, as vendas de Macs devem ficar por volta de 2,5 milhões de unidades, um crescimento de 12% em relação ao segundo trimestre fiscal. Sem incluir o desempenho dos demais negócios da empresa no período, isso representaria um lucro de US$1,16/ação.

Alguns fatores importantes podem justificar esse novo ânimo para o Mac: a promoção de volta às aulas da Apple promete ser uma das melhores já feitas pela companhia, beneficiadas pelos descontos envolvidos e pela redução nos preços dos MacBooks.

[Via: Fortune.]

Posts relacionados

Comentários