Eric Schmidt, CEO do Google, afirma que conversará com Apple sobre sua situação

Pouco depois do anúncio de que a gigante de Mountain View lançará seu próprio sistema operacional, o Chrome OS, surgiram rumores sobre mais um possível conflito de interesses sobre a permanência de Eric Schmidt na mesa diretora do Google e da Apple.

Schmidt já era questionado acerca de sua situação desde o lançamento do Google Android e do “gPhone”, que concorrem diretamente com o iPhone e seu sistema operacional. Algumas pessoas também ponderam o fato de as duas empresas concorrerem no segmento de navegadores, com a oferta do Safari e do Chrome. Sem falar em outras situações onde as duas gigantes concorrem de forma indireta.

Steve Jobs (CEO da Apple) e Eric Schmidt (CEO do Google)
Steve Jobs (CEO da Apple) e Eric Schmidt (CEO do Google)

Em uma conferência sobre tecnologia, o CEO do Google afirmou que discutirá com a Apple como (e se) sua presença na diretoria da empresa mudará: “Eu conversarei com o pessoal da Apple. No momento, não há nenhum problema.”

Quando se trata do iPhone e de seu sistema operacional, todos já sabemos que Schmidt se ausenta das reuniões durante as discussões da diretoria da Apple. O CEO do Google também afirmou que as duas companhias estão mutuamente envolvidas no desenvolvimento de seus browsers, visto que ambos utilizam a mesma engine de renderização, o WebKit, alterando apenas o código JavaScript e a interface usada. “Existe uma colaboração muito grande em relação ao Chrome e ao Safari”, disse ele.

Atualmente, a Apple e o Google já estão sob investigação da Federal Trade Comission (FTC) devido à possibilidade de formação de truste. Segundo as leis norte-americanas, duas empresas rivais não podem ter membros em comum nas suas diretorias, caso isso traga prejuízo à concorrência entre elas.

[Via: Electronista.]

Posts relacionados

Comentários