Microsoft Office 2010 irá para web; Technical Preview já vazou

Office 2010Demorou, mas está acontecendo! Finalmente, a Microsoft acorda para o futuro da computação em nuvem. Cansada de assistir a seu segundo produto de maior importância perder terreno junto a usuários domésticos ou pequenas e médias empresas, a turma de Redmond viu que o Office já deveria estar na web.

Publicidade

Hoje, durante sua conferência mundial voltada para parceiros, ela corrigiu claramente o percurso do Office ao apresentar detalhes sobre a nova versão 2010, que, além de contar com as soluções para o desktop, levará para a web versões dos principais aplicativos da suíte compatíveis com Internet Explorer (duh!), Firefox e Safari.

Se no desktop a suíte vai ganhar novas funcionalidades e pequenos acertos na interface — a fim de ficar em sintonia com o estilo do Windows 7 —, Word, PowerPoint, Excel e OneNote terão a mesma interface habitual na web, porém sem todas as funcionalidades com que nós já estamos acostumados.

Publicidade

A resposta à concorrência deverá estender sua estratégia atual e expandir as opções de armazenamento online e ferramentas de colaboração. Abaixo, você confere algumas das novidades.

Word

A principal preocupação apontada pelos usuários em estudos prévios era o que a Microsoft chama de “fidelidade do documento”. Seja no navegador ou no desktop, ele não perderá nenhuma das formatações que tenham sido feitas em qualquer de suas versões.

Algumas funcionalidades, infelizmente restritas ao desktop, trarão mais opções para edição colaborativa, permitindo a edição simultânea por mais de um usuário. Isso é algo que agradará muito as empresas que trabalham intensamente com manuais, livros e outras publicações que precisam de extensa produção.

Publicidade

Word 2010

Funções básicas (como copiar e colar) ganharão um upgrade, permitindo visualização prévia e opções avançadas quando se tratar de screenshots. Trabalhar com documentos longos também será mais fácil a partir de um painel de navegação visual, que facilitará o acesso a pontos específicos do texto.

PowerPoint

A grande novidade aqui é uma ferramenta básica de edição de vídeo — nada que o iMovie já não possa fazer pelo Keynote, mas será a primeira vez que o Office poderá contar com esse tipo de suporte. Um editor de imagens também enriquecerá as apresentações feitas na próxima versão do programa.

Publicidade

Edição de vídeo no PowerPoint 2010

Novamente, a versão web não deve contar com esses recursos, mas quase todas as funcionalidades da versão atual estarão presentes nela.

Excel

Sparklines no Office 2010Aqui, deixar o Google Spreadsheets para trás é o principal foco, com mais funcionalidades e um novo recurso chamado de Sparklines — que trará previews das tendências de uma determinada célula com atualizações em períodos pre-determinados.

Também será possível compartilhar a planilha com outros usuários, definindo permissões especiais para cada um que acessá-la.

Conclusões

Enquanto o Office 2010 não chega ao mercado, algo que só deve acontecer no próximo ano, arestas e aprimoramentos serão feitos com base em estudos e feedback de uso feito pelos usuários, inclusive da versão que vazou nas redes de torrent. Se a Microsoft está chegando depois de um intervalo no jogo — o que é natural na sua filosofia de observar, clonar e conquistar —, não é motivo para não acreditar que ela deverá apostar alto nessa mudança.

Interessante será ver como o Google responderá a isso, ou se a Apple apimentará o seu experimento online no próximo iWork com outras novidades. Ah, e se você viu o vídeo publicado aqui na semana passada, confira abaixo um novo VT da campanha para promover a novidade:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=-vU9Up_2644[/youtube]

[Via: TechCrunch.]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…