Tablet da Apple poderá usar processadores próprios da PA Semi com poder semelhante ao de netbooks

Mockup de MacBook Touch

Parece que eu estava adivinhando: no final do meu post sobre os boatos recorrentes de uma iTablet, hoje cedo, mostrei minha torcida para a possibilidade de ela finalmente incorporar chips da PA Semi, adquirida em abril de 2008 pela Apple. Algo do tipo já é discutido há mais de um ano.

Publicidade

De acordo com uma matéria desta tarde publicada pelo VentureBeat, o processador da tão falada tablet foi desenhado por uma equipe de dentro da própria Apple. Depois da compra da fabricante de chips, por US$278 milhões, a firma de Cupertino teria dividido a sua equipe — que conta com grandes engenheiros como Dan Dobberpuhl e Jim Keller — em duas, uma focada em chips portáteis baseados em ARM para iPhones e iPods, a outra incumbida da tarefa de criar um chip para uma tablet/netbook.

Mockup de MacBook Touch
Mockup de MacBook Touch

Tais informações, se unidas com detalhes de patentes descobertas recentemente, corroboram a ideia de que a tal iTablet não seria simplesmente um “iPod touch gigante”, isto é, ela rodará provavelmente uma versão enxuta (Lite) do próprio Mac OS X — 10.6 Snow Leopard, de preferência. Ainda assim, o hardware utilizado poderá ser baseado em ARM, quem sabe um Cortex A9 com múltiplos núcleos, o que viabilizará um rápido processamento com baixo uso de energia.

Sendo assim, eu aposto mesmo num MacBook touch. Ou melhor: iBook, anunciado num evento especial da Apple — quem sabe na sua própria sede em Cupertino, no meio de outubro — com uma grande aparição de Steve Jobs, retomando uma keynote depois de mais de um ano longe dos holofotes. 😀 Já vejo a AAPL disparando…

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…