iPhone Dev Team dá dicas para quem tiver problemas com a última versão do ultrasn0w

ultrasn0w 0.9 no iPhoneDepois de atualizar a sua ferramenta ultrasn0w, na última quinta-feira, o iPhone Dev Team postou hoje um artigo com dicas e informações para quem ainda estiver tendo problemas com o desbloqueio de iPhones 3G/3GS.

Publicidade
  • Aos que se queixam de baterias drenando muito rápido, o Dev Team afirma que o problema não é no redsn0w ou no ultrasn0w, e sim um bug do firmware 3.0 da Apple que normalmente aparece quando as pessoas restauram instalações de backup. A equipe recomenda que o usuário configure o iPhone como novo pelo iTunes e deixe para sincronizar seus dados, músicas e apps ao final do processo, evitando conflitos de Wi-Fi, Bluetooth e configurações de operadora.
  • O ultrasn0w funciona com aparelhos hacktivated, isto é, que tenham “enganado” o sistema pensando que ele já foi ativado via hack. O x da questão é que ambas as ferramentas do Dev Team devem ser usadas com o próprio chip não-oficial até que todo o processo tenha sido finalizado. Não use o iTunes para ativar o iPhone com o SIM card que o acompanha originalmente, portanto.
  • Alguns esquecem disso — não é absolutamente necessário —, mas é bom desativar o 3G antes de rodar as ferramentas. Especialmente nos Estados Unidos, a operadora T-Mobile não utiliza as frequências que o 3G do iPhone suporta, então deixá-lo ativado nem sequer faz sentido. Algumas acabam conseguindo usar o EDGE automaticamente, mas a maioria não faz a troca sem que o usuário force isso.
  • Alguns planos de operadoras que não trabalham com o iPhone podem ter limitações quanto ao uso de dados simultâneo a ligações. Isso nada tem a ver com o unlock do aparelho.
  • A ideia é que o instalador do ultrasn0w 0.9 remova versões anteriores da ferramenta, mas a depender da forma como ela foi instalada no passado, isso pode não ser 100% garantido. Antes de mais nada, certifique-se de que a pasta /usr/bin/ultrasn0w não exista no seu aparelho, visto que tal binário foi abandonado nos últimos updates.

No final das contas, apressado sempre come cru. Por mais que muitos dos problemas que alguns têm enfrentado hoje — como os listados acima — não sejam causados pelo ultrasn0w em si, a tendência é que a ferramenta se aprimore constantemente, então aos que só precisarem utilizá-la mais tarde — como quando o iPhone 3GS finalmente aterrissar no Brasil — já terão algo muito mais sólido e garantido em mãos.

Enquanto isso, nós ficamos de olho. 😉

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…