De graça, até injeção na testa! LII – imunização completada

Músicas 20090721A notícia é ruim, então vou ser rápido: o Injeção de hoje será o último (se “último-para-sempre” ou “último-por-um-tempo”, ainda não sei, mas não estarei aqui semana que vem). Esta série vai pro Reino do End of Life, junto com o Apple Cube e o iPod mini.

Pronto: agora que isto está fora do nosso caminho, queria agradecer a todos que, nestas 52 semanas (uhu! Um ano!), estiveram junto comigo. Foram mais músicas do que eu consigo contar (200 e poucas, metade de um dia…), primeiro de duas em duas, depois três, quatro e, às vezes, álbuns inteiros pintaram por aqui! Foi uma viagem e tanto. Valeu cada… erh… centavo? Não, não: cada megabyte. Valeu cada megabyte! 🙂

E, para citar um dos meus filmes favoritos (este aqui), se você me perguntar “Vai acabar daqui a pouco. […] O que faremos?”, eu vou responder “Aproveitamos!”

Single of the Week

GossipToda semana encontramos uma faixa de um artista ou banda de que gostamos e a trazemos até você, gratuitamente, como nosso Single of the Week. Gossip volta para liberar uma nova fornada de caos rock ‘n’ roll com a ajuda do produtor Rick Ruben, em Music for Men. Influências de rock transformador, ganchos disco afiados, soul e gospel abundam. Confira nosso Single of the Week, a funk-punk-tástica “Heavy Cross”.

Se você gostar da faixa, dê uma conferida no álbum. [13 faixas por US$8]

[Site oficial | MySpace | Wikipédia]

O que acontece quando você mistura uma banda de rock alternativo com uma diva disco? Gossip acontece! Cheia de uma vibe “década de 80”, “Heavy Cross” (link para a iTS) não é uma cruz tão pesada pra carregar. É o tipo de música para ouvir quando se está no clima de subir numa mesa e rodar a cabeça loucamente (e/ou quebrar coisas), então pode ser que ela não entre em sintonia com você _agora_. Contudo, se sua vida tem desses momentos, é interessante reservar 8MB no seu disco para ter esta faixa. Just in case. Dica: tente ver, no MySpace, a lista de influências da banda! 😛 IMHO: 2/5 É uma música mestiça, hard rock disco pop melódico; sim, é complicado, mas é legal (e não é só para homens).

Discovery Download

Comic Book HeroesNosso Discovery Download põe em foco um gênero diferente a cada semana, oferecendo gratuitamente uma faixa que julgamos merecer sua atenção. Ainda apenas juniores na high school, os membros da Comic Book Heroes já têm quatro anos de experiência musical em suas malas de turnê. Não deixe que a juventude deles te engane: isto de forma alguma é pop adolescente. Citando influências coletivas que vão de Charles Mingus, Rolling Stones e David Bowie, até Dream Theater, Nirvana e Franz Ferdinand, o quarteto de Reading (Pa.) combina com perfeição vocais ousados, guitarras empavonadas e batidas confiantes numa declaração de rock ‘n’ roll retumbante e madura.

Se gostar da faixa, dê uma conferida no álbum. [5 faixas por US$4]

[Site oficial | MySpace | YouTube Channel]

Você pode pedir a música deles na rádio Disney (ti munitinhu!). Pra quem mais parece a bandinha do Ger@l.com (AAAARRGHHH!), até que estes meninos não fazem muito estrago. Que fique dito que “Catch Me If You Can” (link para a iTS) não tem nada a ver com o filme homônimo e é uma das faixas menos interessantes do grupo (jeito estranho de conseguir fãs…). Os carinhas até que conseguem produzir um rock de qualidade, ego-trip à parte, porém são praticamente discípulos da Avril “Ramona” Lavigne, então esteja avisado! Se quiser ver como _não_ fazer o clipe da sua banda iniciante, dê um pulo no YouTube e veja a desgraça/derrota/comédia/piada que é o clipe desta faixa (dica musical do dia: num vídeo de rock não é pro vocalista ficar letárgico e sem expressão). 😛 Até a Ramona fazia (muito) melhor, no começo da carreira. IMHO: 2/5 Eles podem mais que isso, pois estão começando agora, ainda têm tempo pra aprender.

Canción de la Semana

Carlos y AlejandraToda semana, encontramos uma faixa de um artista ou banda que está na crista do sucesso e a trazemos até você, gratuitamente, como nossa Canción de la Semana. A estreia da dupla de bachata moderna Carlos y Alejandra está em todas as paradas graças à glória melódica de meio-tempo no primeiro single de La Introducion, “Cuanto Duelo”. Julgando pelas faixas neste álbum de estreia, você pode esperar muito mais do ritmo único e do trabalho vocal sensacional da dupla. “Explícame” é outra oferta forte, de raiz, mas com Carlos e Alejandra dando toques contemporâneos de R&B aos vocais.

Se você gostar da faixa, dê uma conferida no álbum. [12 faixas por US$10]

[MySpace]

Meu pior pesadelo era que alguma banda de forró cearense tosca aparecesse como Canción. Esta bachata chegou bem perto. “Explícame” (link para a iTS) é pegajosa, chata e (assim como várias outras faixas desta dupla) contém o horror de ficarem dizendo quem tá cantando. Hmm… Se eu ouvir esta faixa mil vezes, mil vezes vou ouvir que, quem canta, é (voz sexy) “Luis Carlos… y Aleja~andra”. Credo! Essa de ficarem repetindo os próprios nomes em todas as faixas que gravam é decadente! Ah, quase esqueci: eu falei que o Carlos é tosco e a Alejandra é gasguita? IMHO: 0/5 Como diria a Pre-Cog, em Minority Report, “RUUUN!”

Video of the Week

White RabbitsOs White Rabbits são conhecidos por sua energia no palco, por trocarem de instrumentos e por executarem canções cover (notavelmente “Maggie’s Farm”, de Bob Dylan) com um toque próprio, geralmente tocando-as como um estilo/gênero diferente do original.

[Adaptado do artigo sobre a banda, na Wikipédia.]

[Site oficial | MySpace | Wikipédia (stub)]

Lembra do vídeo supostamente super barato, de duas semanas atrás? Bem, parece que a White Rabbits decidiu fazer algo bastante parecido, mas com um orçamento só um pouco maior. Em “Percussion Gun” (link para a iTS), os caras enfiaram a banda inteira (instrumentos, inclusive) em um carrossel de luzes e deixaram uma câmera gravando enquanto eles tocavam. Depois de terminada a gravação, todos foram vomitar e, quando estavam de pé outra vez, editaram. Ficou muuuito legal! Claro, depois de ver/ouvir a opus maxima que é “Turn Me Off”, este clipe fica em desvantagem: (spoiler!!) ele não tem clímax. Você passa o vídeo inteiro esperando algo acontecer — algo _grande_, uma explosão, um bloom, qualquer coisa —, mas nada acontece. Só um solo de bateria super legal, mas eu preferia um pouco mais de KABUM! em algum ponto. (fim do spoiler) Infelizmente, apesar de esta faixa ser bem legal, ela é uma exceção no portfólio da banda. IMHO: 4/5 O único pecado foi deixar um gosto de “quero mais” mais forte do que um clipe deve permitir-se.

. . .

Se você gostou do audiobook da semana passada e curte um bom thriller, saiba que Paranoia está no mesmo esquema: arquivo-mamute (13 horas!) de graça. Como sempre, a seção FREE on iTunes está recheada de estreias de seriados e featurettes de grandes filmes — como uma entrevista da Anne Hathaway sobre o absurdamente engraçado Noivas em Guerra. Vale conferir. E, por desencargo de consciência, de vez em quando dê uma checada no Álbum Virtual, da Trama: sabe lá quando outros álbuns C_MPL_TOS não vão aparecer… 😉

Obviamente, eu paro por aqui (faculdade de Direito não é mole, não…), mas a iTunes Store continuará, firme e forte, cheia de novos artistas para nos apresentar toda terça-feira. Marque no iCal, agende no seu celular, force seu irmão mais novo a ficar acordado de madrugada de segunda pra terça-feira: vale (quase) tudo para conferir, toda semana, boas surpresas no seu jukebox digital, a poucos cliques de distância.

Valeu, galera: a gente continua se esbarrando aqui no MacMagazine! Até a próxima.

Caso você não tenha uma conta na iTS norte-americana, leia este post. As músicas da iTS aqui comentadas só podem ser adquiridas gratuitamente até 27 de julho, portanto não durma no ponto!

“Encontre-me em Montauk!”

Posts relacionados

Comentários