Advogados da Apple acobertaram casos de explosão de iPods por mais de sete meses

Foram necessários mais de sete meses para uma rede de TV norte-americana obter acesso a documentos judiciais sobre a Apple que tratam a respeito de casos de explosão de iPods nos Estados Unidos. A investigação, conduzida a pedidos de alguns clientes envolvidos nesses casos, estava sendo acobertada por advogados da própria empresa.

No total, mais de 800 páginas descrevem diversas ocasiões em que os gadgets (de diversos modelos e gerações) teriam explodido, expelido fumaça e ferido alguns clientes. Nada que não seja possível encontrar em certos relatos de usuários espalhados por fóruns de discussão na internet, mas é estranho que a empresa tenha tentado manter vários casos do tipo registrados na justiça longe do público.

Alguns deles podem ser visualizados no vídeo acima. Estaria a Apple tentando manter sua imagem à frente do bem-estar de seus clientes?

[Via: ZDNet.com.]

Posts relacionados

Comentários