Apps de realidade aumentada chegarão ao iPhone, porém só a partir do firmware 3.1

A possibilidade de apps explorando realidade aumentada (augmented reality) na plataforma iPhone vem desde abril, quando comentou-se pela primeira vez sobre a incorporação de uma bússola digital (magnetômetro) no iPhone. Em junho, um vídeo do aplicativo Layar para Google Android trouxe ideias práticas do que poderíamos ver com o lançamento do iPhone 3GS.

E a Apple confirmou a incorporação do componente, o iPhone OS 3.0 chegou, e com eles começaram a pipocar projetos inovadores. O primeiro foi o Nearest Tube, que mostra de maneira super inovadora onde estão as estações de metrô mais próximas do usuário. Logo depois, mostramos também o TwittAround, que mescla um cliente de Twitter com realidade aumentada para aumentar a interatividade entre você e seus contatos.

O filme abaixo mostra uma rápida demonstração do New York Nearest Subway, da acrossair:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=cH6r2tIaRXU[/youtube]

De acordo com uma matéria publicada ainda ontem pelo Los Angeles Times, APIs específicas para viabilizar esse tipo de uso do hardware do iPhone 3GS serão incorporadas pela Apple somente no firmware 3.1, que há quase duas semanas chegou à sua segunda versão beta. Aliás, falando nisso, é bem capaz que nesta terça-feira (28) vejamos a chegada do iPhone OS 3.1 Beta 3 — estaremos ligados.

Com isso, desenvolvedores poderão inserir informações sobre vídeos capturados em tempo real pela câmera do iPhone, que, unidos a detalhes obtidos com o seu magnetômetro e acelerômetro, abrem portas para essas funcionalidades impressionantes.

Um novo vídeo da TAT demonstra a utilização de realidade aumentada numa experiência muito mais social, na qual bastará apontar o seu smartphone para alguma pessoa e, em alguns instantes, você obterá mais informações sobre ela, como links para perfis online, disponibilidade para compromissos e detalhes pessoais.

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=tb0pMeg1UN0[/youtube]

Desenvolvedores esperam que a Apple lance a versão final do iPhone OS 3.1 em setembro — que coincidiria, diga-se, com o tradicional evento “iPod + iTunes” da Apple (onde ela lançou o iPhone OS 2.1, em 2008). Se os iPods touch também incorporarem câmeras, como se tem falado, os anúncios têm tudo para serem fantásticos.

Assim, deveremos acompanhar uma avalanche de apps de realidade aumentada na App Store, e surgir aí um motivo ainda mais forte pra migrar para o iPhone 3GS.

Posts relacionados

Comentários