Mesmo com a saída de Eric Schmidt, FTC continuará investigando diretorias da Apple e do Google

Logo do Google numa maçã (Apple)

Hoje pela manhã, conforme noticiamos aqui no MacMagazine, o CEO do Google renunciou ao seu posto na diretoria da Apple. Eric Schmidt certamente era uma peça chave na investigação da FTC (U.S. Federal Trade Commission) acerca das diretorias da Apple e do Google, mas a sua saída não interromperá o processo.

“Nós estivemos investigando a questão das diretorias comuns de Google e Apple há algum tempo e sugerimos a eles que reconhecessem que compartilhar membros cria conflitos competitivos, à medida que Google e Apple cada vez mais concorrem entre si”, afirmou Richard Feinstein, diretor de competições do bureau. “Nós continuaremos investigando esse caso entre as companhias.”

Além de Schmidt, outros dois membros de ambas as diretorias ainda podem gerar conflitos: o ex-candidato à presidência dos Estados Unidos, Al Gore, é diretor da Apple e “conselheiro especial” do Google. Já Arthur Levinson, CEO da Genentech, é mais um que está hoje presente nas diretorias de ambas as empresas.

É, demorou.

[Via: CNBC.com.]

Posts relacionados

Comentários