Suporte a temas está chegando ao Google Chrome, com galeria online e tudo

A notícia de que o Google Chrome ganhará visuais personalizados não é tão nova assim, mas o que se imaginava sobre a forma como esse novo recurso funcionaria na prática dava a entender que se trataria de algo nada intuitivo, pois os temas deviam ser baixados manualmente e adicionados a uma pasta interna usada pelo navegador. No entanto, surgiu nos últimos builds do Chromium (e até na último developer preview do Chrome) uma dica do que aparenta ser uma solução do Google para novos visuais no seu browser.

Temas no Google Chrome

Trata-se de uma galeria online para a instalação de temas. A página que contém a miniatura acima ainda não está no ar, mas curiosamente foi pré-carregada em todos os builds recentes do Chromium e também no Chrome. Por meio dela, podemos ver que o Google já preparou 24 modelos visuais diferentes para estimular designers a trabalhar na iniciativa, que imagino estar sendo levada a sério da mesma forma que as Personas, para o Firefox.

A ideia dos dois projetos é fazer os browsers ganharem looks totalmente novos sem alterar a identidade visual inicial, ou seja, nada semelhante aos temas do navegador da Mozilla que são instalados sob a forma de extensões (add-ons). Apesar de a galeria inteira não estar no ar, dois temas foram encontrados pelo TechCrunch nos repositórios oficiais do Chromium, e você pode testá-los em um build recente dele ou no Chrome (todos são compatíveis com Mac, Linux ou Windows).

Basta selecionar um deles, clicar em “Download” no topo da página seguinte e ignorar o aviso de segurança na sua aba de downloads. O tema em si não é salvo em nenhum lugar visível por você, mas o browser assume automaticamente o visual proposto por ele, conforme mostram as screenshots a seguir:

Camo
Camo
Snowflake
Snowflake

A ideia disso em uma galeria online é até boa, mas prefiro a forma como a Mozilla integrou esse recurso na própria janela do Firefox, com as Personas. De qualquer forma, esta novidade é bastante interessante para o Chrome e já é compatível com a sua versão para Mac, que aos poucos também vem ganhando suporte a plugins.

Posts relacionados

Comentários