Está chegando a hora de mudar de sistema! Mas como a Apple e a Microsoft nos tratam?

Com um tudo aparenta ser simples, mas pode não ser. Já com outro, tudo será uma tremenda dor de cabeça. E agora, Batman?

É, meus caros: setembro está chegando, e outubro também. Apple e Microsoft se programaram bem, de forma que competirão uma com a outra para ver as suas bases de usuários atualizarem seus computadores com novas versões dos seus sistemas operacionais. Anos e milhões de dólares em P&D (pesquisa e desenvolvimento) foram gastos para o Snow Leopard e o Windows 7 ficarem prontos, mas os usuários de ambas as plataformas são aqueles que se defrontarão com o pior dilema dessa novela: qual caminho escolher para atualizar?

Com um, tudo aparenta ser simples, mas pode não ser. Já com outro, tudo será uma tremenda dor de cabeça. E agora, Batman?
Com um, tudo aparenta ser simples, mas pode não ser. Já com outro, tudo será uma tremenda dor de cabeça. E agora, Batman?

Há quem estranhe o fato de eu estar jogando a Apple no meio desse assunto, mas sinto muito: para alguns, migrar para o Leopardo das Neves será um momento “frio” no seu ano solar, ou nem será possível, a depender da sua máquina.

Colocando as cartas na mesa: nós, Mac users, ficamos separados perante o novo felino da Apple em três classes (tá parecendo RPG, não é mesmo? :-P). Ou somos usuários do atual Leopard, ou do Tiger, ou temos um Mac com processador PowerPC. O primeiro caso é simples de resolver: basta ir até uma revenda autorizada Apple, comprar uma caixa do Snow Leopard por US$29* e instalar na sua máquina do jeito que bem entender e achar certo. Na hora de personalizar a instalação, pode escolher entre o upgrade comum (método padrão), Archive & Install (que arquiva a sua pasta Home em outra separada no HD enquanto o sistema novo é instalado) ou o Erase & Install (apaga todo o conteúdo do HD e o Snow Leopard é instalado de forma limpa)**.

Se o seu Mac estiver com o Tiger, a coisa complica um pouco, mas só no bolso. Neste caso será preciso adquirir o Mac Box Set, que traz consigo uma cópia do Snow Leopard capaz de ser instalada em qualquer Mac compatível. O valor aqui é US$170*, mas traz junto o iLife ’09 e o iWork ’09, o que é em um bom negócio julgando que adquirir tudo pelo preço padrão de varejo sairia por US$290***. A partir daí, você escolhe como vai atualizar seu Mac, baseando-se nas opções acima.

Agora, se você tem um Mac PowerPC… bom, vou deixar que a montagem a seguir (produzida pelo Cult of Mac) fale por mim:

"Atualizando" o Snow Leopard num Mac PPC

Eu não queria que as coisas fossem assim, e meus artigos anteriores sobre o assunto não me deixam mentir. Mas não podemos fazer nada: a Apple preferiu priorizar uma base de computadores que ainda pode ser considerada “nova”, de forma que só poderemos tirar proveito do Snow Leopard se tivermos um Mac Intel.

Acontece que Steve Jobs fez uma promessa há pouco mais de quatro anos, segundo a qual sua empresa suportaria PowerPC e Intel “por um bom tempo”, mas ninguém sabia que a expressão entre aspas era sinônimo para “setembro de 2009”. Meus pêsames para os donos do ilustríssimo Power Mac G5 (entre outros, é claro), que ainda daria muito pano pra manga.

Restrições e programa up-to-date

Mesmo se o seu Mac for Intel, talvez você sinta falta de algumas tecnologias do Snow Leopard — consequentemente, também terá de viver sem alguns recursos específicos na futura geração de aplicativos que está chegando. Vou deixar essa parte da conversa clara na listinha a seguir:

  • QuickTime X com aceleração de hardware: requer um Mac com GPU NVIDIA 9400M ou superior;
  • OpenCL, para uso da GPU em fins computacionais gerais: não suporta Macs com GPU Intel fabricados a partir de junho de 2007;
  • Suporte a computação em 64 bits: não é compatível com Macs equipados com processador Core Solo ou Core Duo;
  • Grand Central Dispatch, suporte integrado para uso de duas CPUs: não é compatível com Macs equipados com processador Core Solo ou Core Duo.

Por ora, as complicações estão apenas nestas novidades. Ah, e se você comprou seu Mac após o anúncio público do Snow Leopard, está qualificado para atualizar do Leopard pagando apenas R$25, seguindo algumas instruções simples já divulgadas aqui no MM.

. . .

Bom, terminamos com o Snow Leopard. Eu disse que compreender o seu caso para migrar não seria simples, mas imagino que tenha conseguido — e, se não conseguiu, sinta-se livre para fazer contato conosco pelos comentários. Agora, eu tenho pena de um usuário do sistema da Microsoft, que, para atualizar seu computador, será forçado a decifrar compreender uma tabela como esta:

Windows 7 Upgrade

Não acredito que as opções da Apple são as melhores para todos, mas, ao olhar a imagem acima, eu ainda prefiro ser um Mac… 😉

* Trata-se dos valores em dólar, nos Estados Unidos. No Brasil, os preços ainda não foram confirmados (mas não se assuste, se ultrapassarem a cotação).

** Essas opções foram listadas com base na atual versão do Mac OS X, a 10.5 Leopard. O processo de instalação de Developer Previews não deve ser considerado e as opções listadas neste artigo, bem como os requerimentos e recursos, estão sujeitos a mudar sem aviso prévio.

*** Esse valor foi calculado com base em uma cópia full-featured do Mac OS X Leopard para qualquer máquina suportada (US$130) + o iLife ’09 (US$80) e o iWork ’09 (US$80). Valores em dólar, nos Estados Unidos.

Posts relacionados

Comentários