Pedido de patente da Apple explora recursos de comunicação automática entre dois iPhones durante ligação

Parafraseando o Rafael Fischmann: um novo dia, uma nova patente. Não poderíamos esperar menos que isso da Apple, que é provavelmente uma das empresas de tecnologia que mais aborrecem funcionários do Escritório Patentes e Marcas do Estados Unidos.

Patente de Transferência de Arquivos da AppleDesta vez, o pedido da patente solicitado — diga-se, bastante similar a outra já comentada pelo meu colega Silvio Sousa Cabral — explora outros aspectos da transferência de arquivos que poderá ser feita durante uma ligação.

Embora já seja possível o envio de arquivos através de um certo número de aplicativos no iPhone OS, fazer isso durante uma ligação não é viável. A Apple já estuda meios de contornar esse impedimento e quer abrir a opção para a execução de outras atividades simultâneas.

Umas das soluções apresentadas nessa nova patente é um sistema que identifica automaticamente detalhes de uma chamada e, através de uma interface que solicitaria algum tipo de confirmação do usuário, permitiria o envio de um arquivo ou de mensagens de texto.

Com o conceito proposto, seria possível chamar, durante uma ligação, uma tela com o teclado virtual sempre que fosse necessário, entre outras variações.

Essa funcionalidade estaria ainda disponível através de diversos protocolos de comunicação, incluindo Wi-Fi, WiMAX e Bluetooth, além de outros de telefonia, como GSM, GPRS e EDGE. Segundo o documento, a criação é uma invenção do engenheiro Peter Henry Mahowald.

[Via: iClarified.]

Posts relacionados

Comentários