Desenvolvedor do app Facebook afirma que Apple devia acabar com o processo de aprovação de títulos

Joe Hewitt, desenvolvedor do app FacebookEnquanto aguarda a aprovação da versão 3.0 do app Facebook para iPhones/iPods touch, o desenvolvedor Joe Hewitt decidiu escrever um artigo que o coloca na lista interminável de pessoas insatisfeitas com a estrutura criada pela Apple para a App Store.

Hewitt reconhece que a Maçã se preocupa em prover uma boa experiência para seus usuários, mas acredita que o processo de aprovação de títulos para a App Store deveria ser eliminado definitivamente. Para ele, a espera média de 14 dias, em outras palavras, funciona como uma classificação de “culpado, até que se prove inocente” e então ganhe a luz verde.

Para defender um possível argumento de proteção das pessoas e dos seus dispositivos, o programador afirma que apps nativos são tão protegidos dentro de sandboxes quanto web apps, que desenvolvedores obviamente podem criar e disponibilizar livremente para a plataforma, visto que são acessíveis via Mobile Safari e não necessitam de aprovação de ninguém.

“A única coisa assustadora que eles podem fazer fora da sandbox é acessar o seu catálogo de contatos, mas a Apple pode corrigir isso facilmente pedindo a aprovação do usuário antes, tal como faz antes de determinar a sua localização geográfica”, diz ele. O problema, claro, é que a firma de Cupertino quer garantir que todos sigam seus termos de serviço — que não impõem poucas regras e limitações, é bom notar.

Basicamente, Hewitt é do grupo dos que discordam que a Apple deva se impor e dar-se ao direito de fazer esse tipo de controle de qualidade para a App Store, ainda mais sem recursos nem staff suficiente que emita respostas (sejam elas positivas ou negativas) mais rapidamente. Assim, aplicativos poderiam melhorar sem barreiras, visto que não existiria o tempo de espera entre cada liberação de um novo build.

Para solucionar tudo isso, a Apple poderia no mínimo aumentar consideravelmente o seu time de revisores ou criar um grupo de desenvolvedores “confiáveis” — sério mesmo, que um Facebook, uma Gameloft, uma Tapulous ou uma Electronic Arts da vida precisam passar por isso? De um jeito ou de outro, algo precisa ser feito por lá, isso é inegável.

[Via: 9 to 5 Mac.]

Posts relacionados

Comentários