Inauguração (com fotos) da Apple Retail Store Alstertal, em Hamburgo, na Alemanha

Vista da loja do lado de dentro do shopping, ao lado da loja da Puma, na sexta-feira.

Ter uma loja da Apple perto de casa é mesmo um privilégio — a nova mais nova localidade da Maçã em Hamburgo reflete os padrões de qualidade e beleza estética vistos em outras Apple Retail Stores.

Pessoalmente, eu só conhecia a loja de Londres, a qual visitei em 2005. Na época, acabei não comprando nada por lá e me arrependi um pouco depois. Passar por uma dessas belezinhas e não sair com um souvenir dentro da sacolinha da loja é algo inaceitável pra um Apple-maníaco como eu! 😉

Eu já morava na Alemanha naquela época, mas aqui ainda não havia nenhuma Apple Store, o que por si só já justificaria comprar um iPod ou um acessório qualquer, só pra dizer depois — “Este, eu comprei numa Apple Store!”

Vista da loja do lado de dentro do shopping, ao lado da loja da Puma, na sexta-feira.
Vista da loja do lado de dentro do shopping, ao lado da loja da Puma, na sexta-feira.

Somente anos depois a primeira loja alemã seria inaugurada, em Munique, o que não facilitava muito. Eu até então morava na região oeste, em Colônia, que fica bem longe da tal loja. Hamburgo é a segunda maior cidade da Alemanha, onde moro atualmente, e, na minha modesta opinião, merecia uma loja Apple. O mercado aqui é relativamente farto, e isso é percebido pela quantidade de revendas Apple espalhadas pelo centro.

Vista da loja do lado de dentro do shopping, na sexta-feira.
Vista da loja do lado de dentro do shopping, na sexta-feira.
Abertura oficial ao público, no sábado, dia 29.
Abertura oficial ao público, no sábado, dia 29.

Tirei algumas fotos já na sexta-feira, no dia anterior à abertura oficial ao público. A loja fica dentro de um shopping chamado Alstertal Einkaufszentrum, no extremo norte da cidade (bairro Poppenbüttel). Apesar de ser bem bacana, ainda sou adepto de lojas de rua, coisa bem comum na Alemanha.

Sexta-feira: plásticos sendo removidos da vitrine externa.
Sexta-feira: plásticos sendo removidos da vitrine externa.
Sexta-feira: lado externo da loja.
Sexta-feira: lado externo da loja.

Outra coisa não tão boa é a distância da loja em relação ao centro de Hamburgo: ela fica a meia hora de trem do centro da cidade, o que não é lá muito prático. Aliás, isso é um tanto incômodo, e duvido que consumidores comuns irão até a loja, já que o que se vende lá é praticamente a mesma coisa que se pode encontrar em qualquer revenda, salvos os produtos customizados (BTO/CTO).

O nerd barbudo sou eu! :-P
O nerd barbudo sou eu! 😛
Genius Bar
Genius Bar
Vista interna da loja.
Vista interna da loja.

Tirando esses detalhes, a loja é sensacional: os painéis de luz imensos dominando as laterais, a equipe sorridente e prestativa, o tradicional Genius Bar ao fundo e tudo mais que o cliente Apple espera de um estabelecimento desses. Os eventos, programas de treinamento e workshops já estão começando a pipocar no site da Apple. Quero só ver quando vão aparecer as sessões de Logic Studio! 🙂

Painéis de luz do iPod.
Painéis de luz do iPod.
Mesas com MacBooks Pro e Air.
Mesas com MacBooks Pro e Air.
Painel de luz do iPhone 3GS.
Painel de luz do iPhone 3GS.
Painel de luz do MacBook Pro.
Painel de luz do MacBook Pro.

Com essas muitas qualidades, acredito que ela tem tudo pra se tornar um ponto turístico dos Apple-maníacos que passam férias em Hamburgo. Eu recomendo, com toda certeza!

Snow Leopard chegou!
Snow Leopard chegou!
Meu souvenir!
Meu souvenir!

Ah, e “one more thing!” Desta vez eu fiz diferente e saí com um souvenir dentro da sacola: o pacote Mac Box Set com o Mac OS X 10.6 Snow Leopard, que já foi devidamente instalado no meu Mac mini “Media Center”. 😉

Posts relacionados

Comentários