Apple optará por venda direta do iPhone na China, aponta a Wedge Partners

iPhone ChinaRumores! Rumores! Rumores! Estaria a Apple negociando a distribuição de iPhones _desbloqueados_ para a China, através de uma parceria com a Di Xing Tong? Quem traz a possibilidade à tona é a firma de análise de mercado Wedge Partners.

Matt Mathison, gerente da empresa, acredita que esta é a principal aposta da Apple, após fechar um acordo com a China Unicom, para abocanhar o mercado móvel chinês.

Nós acreditamos que a Apple não está tão segura da capacidade da Unicom em distribuir o iPhone, pois a plataforma de marketing e a qualidade da rede WCDMA são muito ruins.

As vendas pela operadora serão de dois a três milhões de unidades (dependendo dos subsídios e dos pacotes de serviços) em 2010.

Por sua vez, a Di Xing Tong, que é uma grande varejista no mercado de celulares, conta com centenas de lojas no país e poderia levar o aparelho mais facilmente aos clientes. A imagem da China Mobile, que já optou por uma solução alternativa, não seria melhor do que a de sua rival Unicom, na opinião do analista.

“Este pode ser um grande acordo,” disse Mathison. A Di Xing Tong é propriedade da Foxconn, que já detém contrato para a fabricação de diversos produtos da Apple e distribuiria o mesmo modelo sem Wi-Fi que será produzido para a China Unicom. Sendo o mercado chinês conhecido pelo caráter volúvel dos clientes, que a todo instante mudam de operadora, a venda direta do produto por uma grande rede permitiria aos consumidores comprar o aparelho, fazer o desbloqueio e usá-lo na rede da China Mobile onde não houver cobertura da China Unicom.

Obviamente, Mathison não acredita que a Apple oficializaria tal prática, mas ela também poderia deixar de fazer algo a respeito. Para os chineses, a compra do iPhone em uma loja da Di Xing Tong sairia até mais conveniente e barata.

A Apple não comentou nada a respeito da especulação.

[Via: BusinessWeek.]

Posts relacionados

Comentários