Jon Rubinstein fala que aprendeu a fazer grandes produtos com a Apple

Jon RubinsteinAo final da sua participação no Engadget Show em Nova York, Jon Rubinstein, CEO da Palm, conversou por um tempo com Sam Gustin, colunista do DailyFinance.

Rubinstein se recusou a comentar sobre o iPhone. “Eu não me foco nos rivais”, declarou ele. Entretanto, o CEO se mostrou muito animado para comentar sobre a maior lição aprendida durante o período em que ele trabalhou para a Apple:

Eu desenvolvi o bom gosto. Aprendi como fazer produtos para os consumidores, e não para engenheiros.

Antes de ser contratado pela Palm, Rubinstein passou 20 anos da sua vida trabalhando para Steve Jobs (primeiro na NeXT, e depois na Apple) e foi responsável pelo desenvolvimento de produtos como o iPod e o iMac.

Sua entrada na fabricante do Pre aconteceu em 2006, quando ele resolveu se afastar do cargo de vice-presidente da divisão de iPods, que ocupava em Cupertino.

Rubinstein pode não possuir o mesmo carisma do antigo chefe, mas tem se mostrado um atento aluno e tem feito de tudo para replicar na Palm o sucesso que os produtos da Apple têm alcançado. Embora para alguns a ideia de lançar novos produtos nos mesmo dias escolhidos pela rival seja um pedido oficial para ser ignorado, talvez exista uma estratégia aí por trás.

Se o próprio Jobs nunca seguiu as regras e sempre preferiu fazer as suas, por que um aluno tão dedicado iria ignorar esta outra lição? Apesar de o foco do mercado estar voltado para o iPhone, o Palm Pre vai bem, obrigado! 😉

Posts relacionados

Comentários