Presidente da China Mobile confirma negociações em andamento com a Apple

Como o acordo da Apple com a China Unicom não é exclusivo, logo concluiu-se que a concorrente China Mobile continuaria interessada no iPhone. Hoje, seu presidente Wang Jianzhou confirmou ao WSJ.com que negociações continuam em andamento por lá.

Publicidade

China Mobile

O grande empecilho para a parceria é a própria rede 3G da China Mobile, que utiliza o padrão proprietário TD-SCDMA. Desta maneira, o iPhone teria que ser modificado para operar nela, ou no mínimo descartar a tecnologia e operar na 2G, mais lenta.

“Ainda estamos conversando com a Apple”, disse Wang. “Temos esperanças de firmar um acordo, por isso não posso dizer mais nada.”

Publicidade

Para a Apple, resolver tais conflitos seria bastante positivo: a China Mobile é de longe a operadora mais popular do mundo, com mais de 475 milhões de clientes. A China Unicom (já parceira da Maçã), por sua vez, possui 141 milhões, número que mesmo assim é bastante expressivo.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…