Saiba como funciona o novo Genius para apps do iPhone OS 3.1

iTunes - Genius

iTunes - GeniusDa mesma maneira que os ringtones lançados pela Apple este mês, o novo Genius para apps só está disponível para usuários do iPhone OS 3.1, e mais uma vez pelo próprio aparelho — ou seja, você não pode usufruir da novidade navegando na loja em si.

Publicidade

Por padrão, o recurso vem desabilitado. Para ativá-lo, abra o aplicativo da App Store no seu iPhone/iPod touch e dirija-se à área Featured (Destaques). Lá em cima, você verá uma nova aba Genius, à direita de New e What’s Hot. O processo é bem simples, como você pode ver pelo diagrama abaixo: toque num botão, aceite os termos de uso e pronto! 😉

Ativando Genius for Apps no iPhone

Com o recurso habilitado, você verá agora uma nova lista de apps, recomendados a partir do que você possui instalado no aparelho. Veja que, logo acima de cada título, a App Store indica através de onde aquela recomendação foi gerada. Aí, é só tocar no app para obter mais informações e então comprá-lo e/ou baixá-lo, como de praxe. Se você quiser, pode arrastar o dedo sobre qualquer um para removê-lo da lista, evitando que algo de que você não goste continue lhe sendo indicado.

Genius for Apps no iPhone Genius for Apps no iPhone

Em um artigo escrito hoje cedo para o Cult of Mac, Pete Mortensen diz que detestou o novo recurso, simplesmente porque nenhuma das recomendações lhe foi útil até o momento. Segundo ele, não faz sentido algum a App Store recomendar um cliente de Twitter com base em outro que já está instalado no aparelho.

A reclamação é válida, claro, mas é bom lembrar o que Steve Jobs comentou na keynote “It’s only rock and roll”: tal como com músicas, filmes, etc., o Genius de apps tende a se tornar cada vez melhor e mais apurado com o tempo, a partir dos dados enviados pelos usuários que já tenham habilitado o recurso em seus gadgets.

Aqui, pessoalmente, já baixei dois joguinhos bem bacanas de que nunca tinha ouvido falar, então as experiências certamente são bem variadas. No geral, considero a novidade positiva, evitando que tenhamos que ficar restritos a recomendações da própria Apple ou somente às listas de títulos mais populares.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…