Presidente da FTC norte-americana elogia saída de Arthur Levinson da diretoria do Google

Logo do Google numa maçã (Apple)

Jon Leibowitz, presidente da FTC (Federal Trade Commission) norte-americana, não poderia ter ficado mais satisfeito com a notícia-bomba desta manhã com relação à saída de Arthur Levinson da diretoria do Google. Para ele, o CEO da Genentech tomou a decisão certa.

Logo do Google numa maçã (Apple)

“O Google, a Apple e o Sr. Levinson devem ser elogiados por reconhecerem que membros conflitantes em diretorias de empresas concorrentes levantam sérias questões antitruste, e pelo interesse em resolver nossas preocupações sem a necessidade de litígio”, afirmou Leibowitz. “Independente disso, continuaremos monitorando companhias que compartilham membros diretores e agiremos quando apropriado.”

A declaração não deixa 100% claro se a investigação da FTC envolvendo Google e Apple será cancelada com a saída de Levinson, mas fica evidente que o governo está agora bastante contente com a situação — que deu uma reviravolta, primeiro, com a saída de Eric Schmidt, CEO do Google, da diretoria da Apple.

É bom observar que a renúncia de Levinson é imediata. Ele estava há cinco anos e meio na diretoria do Google; na Apple, sua participação já dura mais de nove anos. Para o 9 to 5 Mac, porém, mais importante que isso foi o fato de que, só em 2008, Levinson ganhou três vezes mais sendo diretor da Apple do que do Google. Interessante.

[via NYTimes.com]

Posts relacionados

Comentários