Wi-Fi Alliance aprova especificação que facilitará conexões de rede peer-to-peer sem fio

A Wi-Fi Alliance anunciou ontem uma nova especificação visando a facilitar conexões de rede peer-to-peer (P2P) entre dispositivos equipados com Wi-Fi, eliminando a necessidade de uma base central/hotspot WLAN para comunicação. A Alliance é um consórcio de fabricantes, no qual a Apple tem grande participação — bem como Cisco, Intel, Sony, Microsoft e outras.

O projeto deverá incorporar novos produtos e updates de softwares a partir de meados de 2010 e tem grandes chances de ameaçar a interface Bluetooth em diversas áreas, principalmente por oferecer velocidades de transmissão de dados muito superiores. Por outro lado, a tecnologia ainda consome bastante energia.

Logo Wi-Fi Certified 802.11a/b/g/n

O “Wi-Fi peer-to-peer” (ou “Wi-Fi Direct”) poderá ser implementado em qualquer dispositivo Wi-Fi, incluindo telefones celulares, câmeras, impressoras, teclados, fones de ouvido e, é claro, laptops. As conexões P2P poderão ser um a um, ou então a partir de um grupo de aparelhos simultâneos.

É bom observar que atualmente já existem produtos capazes de realizar conexões de rede ad hoc, porém a funcionalidade é bastante limitada, não é segura (a especificação oficial suportará uma camada WPA2) e, até hoje, não era certificada pelos padrões Wi-Fi.

Minha aposta imediata: sincronização de dados completa de iPhones/iPods touch via Wi-Fi, descartando a necessidade de um cabo USB — salvo, é claro, para quando você precisar recarregar o gadget.

[via BusinessWeek]

Posts relacionados

Comentários