Destaques e pontos abordados na conferência dos resultados financeiros da Apple para o Q4 de 2009

Finalizado em 26 de setembro, o quarto trimestre fiscal de 2009 foi um dos melhores para a Apple, pois foram vendidos mais Macs e iPhones do que em qualquer outro período na história da empresa, além de o lucro líquido ter sido o maior da sua história. Durante a conferência de divulgação dos resultados, porém, foi possível obter ainda mais detalhes sobre a sua situação financeira, vendas e diversos comentários de dois dos principais executivos da Apple, feitos com (e sem) base em perguntas de analistas a respeito de alguns dos seus negócios e produtos.

Resultados Financeiros do quarto trimestre fiscal de 2009

A seguir, você confere, detalhadamente, todos os destaques e pontos abordados no anúncio, conduzido Peter Oppenheimer, chefe executivo de finanças (CFO), e Tim Cook, vice-presidente executivo e chefe de operações (COO). O áudio do evento também pode ser baixado na iTunes Store, através de um podcast.

Negócios regionais

  • HOT! Foram contabilizados 1,252 milhão de Macs vendidos nas Américas, que representaram US$4,297 bilhões em receita durante os últimos três meses. O crescimento ano após ano foi de 12% em vendas e 20% em receita.
  • Na Europa, foram vendidos 761 mil Macs, com US$2,491 bilhões em receita. O crescimento em relação aos números do quarto trimestre fiscal de 2008 foi de 25% para as vendas e 45% para a receita.
  • No Japão, 79 mil Macs foram vendidos e a receita foi contabilizada em US$4,34 milhões. Uma forte queda sequencial foi registrada nas vendas (27%) e na receita (13%), mas houve um leve crescimento anual de 1% em vendas e 36% em receita.
  • No Pacífico, foram vendidos 291 mil Macs, que geraram US$7,81 milhões em receita. Em relação ao Q4 2008, esses números cresceram 42% e 39%, respectivamente.
  • Produtos e serviços ligados ao segmento musical da Apple geraram US$1,018 bilhão em receita. Houve uma queda de 6% ano após ano.
  • Periféricos e hardware contabilizaram US$639,3 milhões em receita, com queda de 8% em relação ao quarto trimestre fiscal de 2008.
  • Software e outros serviços renderam US$647 milhões em lucros. Em relação ao quarto trimestre fiscal de 2008, houve um crescimento bastante animador de 18%.

Mac

  • HOT! Foram vendidos 787 mil desktops durante o quarto trimestre fiscal de 2009, que geraram US$1,086 bilhão em receita. Os números tiveram queda sequencial de 7% e 4%, respectivamente, e também caíram 16% e 20% em relação do quarto trimestre fiscal de 2008.
  • HOT! Os portáteis geraram uma estrondosa receita de US$2,866 bilhões, com 2,266 milhões de unidades comercializadas. Em relação ao trimestre anterior, o crescimento foi excelente, calculado em 29% para as vendas e 30% para a receita. Já em relação ao quarto trimestre fiscal de 2008, os números cresceram 35% e 27%, respectivamente.
  • HOT! Quase três quartos dos Macs vendidos foram notebooks (74%).
  • A temporada de volta às aulas foi um sucesso, com aumento de 12% em vendas. Foi a maior venda trimestral de Macs para o setor educacional, nunca antes vista pela Apple nos Estados Unidos.
  • Destaque da venda educacional: como parte do programa One to One, 50 mil MacBooks foram destinados ao estado norte-americano do Maine.
  • HOT! A resposta positiva dos usuários ao Mac OS X 10.6 Snow Leopard está sendo assustadora. A taxa de atualização em relação ao Leopard para o primeiro de mês de vendas dobrou, superando as expectativas da Apple.
  • Os lançamentos do MacBook Pro e do MacBook Air em junho foram os maiores responsáveis pelo interesse enorme dos clientes pelos portáteis.

iPhone

  • HOT! Foram vendidos 7,367 milhões de iPhones no terceiro trimestre fiscal de 2009, que contabilizaram receita de US$2,297 bilhões para a Apple. O crescimento anual em vendas (7%) e receita (185%) foi bastante animador.
  • A resposta dos clientes ao iPhone 3GS também foi assustadora, voltando a conceder à Apple o melhor lugar no ranking de celulares da JD Power, tanto para consumidores domésticos quanto para os corporativos.
  • Foi confirmada a expansão de relações com operadoras no Reino Unido e no Canadá. O iPhone chegará à China no fim do mês (dia 30 de outubro, mais precisamente) em 1.000 pontos de venda, fato visto pela Apple como uma “ótima oportunidade em um grande mercado”.
  • HOT! Meio bilhão de downloads foram feitos na App Store no quatro trimestre fiscal de 2009.
  • A receita reconhecida por acessórios para iPhone e o total de handsets vendidos foi de US$2,3 bilhões. No quarto trimestre fiscal de 2008, esse número foi de apenas US$806 milhões.
  • HOT! Muitos países passaram por problemas de estoque durante o trimestre, mas a situação foi normalizada, com 2,4 milhões de aparelhos disponíveis para compra pelo mundo. A forte demanda pelo iPhone 3GS forçou a Apple a mudar o foco de pedidos de componentes.
  • HOT! O preço médio de um iPhone no quarto trimestre fiscal de 2009 foi de US$600 (não deveria estar entre US$200 e US$300? :-P).
  • Cerca de 50% das empresas na lista Fortune 100 possuem programas piloto de desenvolvimento para o iPhone. O número de faculdades que o distribuíram para alunos subiu para 350.

iPod + iTunes

  • HOT! A Apple vendeu 10,177 milhões de iPods no terceiro trimestre fiscal de 2009, gerando receita de US$1,563 bilhão. Uma queda sequencial inferior a 1% nas vendas foi constatada, acompanhada de um crescimento de 5% em receita. Comparando esse números com o quarto trimestre fiscal de 2008, podem ser constatadas quedas de 8% e 6%, respectivamente.
  • HOT! Cerca de 50% das vendas de iPods corresponderam a novos usuários.
  • Fatia do mercado de MP3 players corresponde a mais de 70% — com ganhos significativos em quase todos os países em que é vendido. O iPod é o mais vendido do mundo no setor.
  • Usuários estão adorando as novidades do iPod nano.
  • HOT! Vendas do iPod touch dobraram em relação ao quarto trimestre de 2008, especialmente graças à App Store.
  • Usuários estão adorando todas as grandes novidades do iTunes 9. A iTunes Store, maior loja do mundo em venda de músicas, teve excelente desempenho nos últimos três meses, conta com 11 milhões de faixas em catálogo e está operando em 23 países (México foi a última abertura).

Apple Retail Stores

  • HOT!Continuam vendendo mais da metade dos Macs para novatos na plataforma.
  • Nelas, foram vendidos 670 mil Macs durante o terceiro trimestre fiscal de 2009, com receita de US$1,867 bilhão. Em relação ao quarto trimestre fiscal de 2008, os números cresceram 12% e 9%, respectivamente.
  • HOT! Nos últimos três meses, 15 lojas foram abertas, ampliando a rede para 273. Com 262 lojas abertas até setembro, o lucro trimestral médio por loja foi de US$7,1 milhões.
  • As lojas atraíram 45,9 milhões de visitantes em todo o mundo, contra 42,7 milhões no quarto trimestre de 2008.
  • Foram conduzidas 608 mil sessões One to One, para 208 mil pessoas.
  • HOT! Desde janeiro, foram abertas 26 lojas, enquanto outras 72 foram reformadas. A maioria está sendo aberta fora dos EUA pela primeira vez — aliás, as duas primeiras lojas da Apple na França abrirão no mês que vem.
  • A receita internacional das Apple Retail Stores cresceu 20% em relação ao trimestre anterior.

Próximo trimestre fiscal da Apple (Q1 ’10) e outros pontos abordados

  • Receita deverá oscilar entre US$11,3 bilhões (US$1,70 por ação) e US$11,6 bilhões (US$1,78 por ação).
  • HOT! As mudanças contábeis norte-americanas ainda não afetaram os resultados, mas influenciarão no quarto trimestre fiscal de 2010. A partir do próximo ano, a Apple poderá relatar sua receita referente aos iPhones no imediato momento de venda de cada aparelho, mas fazer isso ainda não é possível. Ademais, certos aspectos da mudança só vigorarão no quarto trimestre de 2011.
  • HOT! As estimativas de receita do upgrade de software para iPods touch continuarão sendo contabilizadas da mesma forma — sim, ele ainda será pago. 🙁
  • No geral, a Apple está contente com seu crescimento anual. Steve Jobs (que não estava presente) e os demais executivos alertaram para grandes novidades a caminho, estando confiantes no futuro da linha de produtos e no novo ano que se aproxima.
  • HOT! Tim Cook fez alguns comentários curiosos. Segundo ele, as Retail Stores estão oferecendo a melhor experiência de compra em todo o mundo, fora as provocações contra a concorrência do iPhone, que para ele não fazem nada além de superar a primeira geração do aparelho. “Nós caminhamos além disso”, disse.
  • Sobre acordos com mais de uma operadora para o iPhone: “Foi possível reconhecer níveis de inovação que poderiam ser mais difíceis de se atingir com algumas operadoras. O Visual Voicemail do primeiro iPhone foi um exemplo disso.”
  • HOT! Alguns tópicos abordados envolveram certos fatos negativos que poderão vir. A margem bruta vai cair, especialmente porque os produtos mais recentes possuem margens de lucro individuais mais baixas — Snow Leopard, MacBooks, iPods, etc. Entretanto, o preço dos componentes usados pela Apple também não está favorecendo muito.
  • Há 13 mil pontos de venda de Macs confirmados ao redor do mundo. Comprovando o crescimento internacional da Apple, as vendas estão crescendo muito mais fora dos Estados Unidos.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários