Distribuidora de HQs pode estar envolvida em projeto de tablet da Apple

Um artigo publicado no jornal norte-americano Chicago Sun-Times descreve o trabalho interno de uma empresa chamada LongBox, que está planejando a abertura de uma loja online para compra e visualização de histórias em quadrinhos — ela seria uma das primeiras a abrir conteúdo recente desse tipo para distribuição digital — atualmente, iniciativas assim apenas concedem acesso a HQs antigas. Tal loja abriria em novembro, mas especula-se que uma fabricante bastante citada em rumores de novas ofertas de hardware também estaria envolvida no projeto, sendo capaz de lançar a LongBox no meio internacional.

Longbox HQs

O editor do Chicago Sun-Times, Andy Ihnatko, sugere que essa empresa misteriosa seria a Apple, e que o projeto seria mais um meio de oferecer conteúdo para a sua futura tablet, associado à iTunes Store. Caso seja verdadeiro, o rumor ajudaria a confirmar relatos anteriores de que esse novo produto motivou a empresa a procurar apoio da mídia impressa para o desenvolvimento de um novo serviço ligado a ele.

Assim, a Apple não apenas estaria usando esse contato com a mídia impressa para desenvolver a nova tablet, mas também estaria estruturando planos de entrar no mercado de conteúdo impresso digital — mas julgando que o lançamento da loja da LongBox será no mês que vem, o lançamento do novo produto não deverá passar de 2010. Envolvidas nele, algumas editoras podem estar experimentando formatos de conteúdo que sejam compatíveis com “supostos” dispositivos que estão em desenvolvimento pela Apple, incluindo compatibilidade para telas de 10 polegadas.

Um deles talvez nós já conheçamos bem: o iTunes LP, que já conta com um eBook à venda na loja da Apple. A introdução desse recurso pode facilitar a propagação de conteúdo impresso na loja da Apple, em vez de apenas estar ligado a álbuns de música; no entanto, trabalhar com esse formato requer resoluções de tela maiores, o que começa a causar uma certa dúvida sobre as reais funções da tão corroborada iTablet.

Ao entrar diretamente no mercado de conteúdo impresso digital, a Apple pode enfrentar uma forte concorrência de outros aparelhos. Mas planejar o lançamento dessa possibilidade sob a forma do iTunes LP pode ajudá-la a entender o potencial de criação de possíveis produtores de livros interativos, porém dentro de uma loja exclusivamente focada na venda de conteúdo musical.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários