Impostos de importação brasileiros não prejudicam apenas os preços de produtos da Apple

Os sonhos de uma fábrica/montadora da Apple no Brasil não são à toa: além do fato de que os produtos seriam disponibilizados no mercado bem mais rápido que hoje, todos os preços cairiam bastante.

Publicidade

Hoje, a Apple importa produtos para o Brasil e, apesar de não pagar o mesmo preço de varejo que nós, embute os custos de conversão de dólar, frete, repasse para distribuidor e ainda lucros de revendas. Ops, esqueci do mais importante: os impostos de importação.

Isso, é claro, não atinge apenas iProducts. O UOL Tecnologia compilou nesta semana um gráfico rápido que compara os preços do Microsoft Windows 7, do Amazon Kindle e do iPod nano de 8GB no Brasil, Estados Unidos, Inglaterra, China e Japão. Veja só que absurdo:

Impostos Windows, Kindle e iPod nano

Publicidade

A última pesquisa relacionada que havíamos publicado no MacMagazine foi há quase um ano: na época, o mesmo iPod nano de 8GB, no Brasil, saía por US$271,54 e só perdia para a Argentina, que estava em US$353,20.

[dica do Humbsnaldo]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…