FORTUNE elege Steve Jobs o “CEO da década”

Steve Jobs - CEO of the DECADE, pela FORTUNEEu não conheço uma pessoa que foi mais “eleita” alguma-coisa nos últimos tempos do que Steve Jobs. Hoje, a revista FORTUNE o declarou “CEO da década”, trazendo consigo um artigo que resume a história recente do executivo e os lançamentos que colocaram a Apple onde ela está hoje.

É bom lembrar que, nos últimos dez anos apenas, Jobs comandou uma revolução na Apple que balançou três grandes mercados em todo o mundo: o da música, o de filmes e, mais recentemente, o da telefonia celular. A “reinvenção” dos três foi tão grande ou até maior do que o que a Apple fez a partir da década de 1980, com a computação pessoal.

Outra coisa impressionante é como Jobs inspira pessoas dentro e fora da Apple. Larry Page e Sergey Brin, fundadores do Google, disseram há pouco tempo ao The New Yorker que Jobs era o seu herói. Jeff Bezos até hoje morre de inveja do negócio da Apple, e apostou em um gadget do tipo com a chegada do Kindle. Marc Andreessen, co-fundador da Netscape, constantemente refere-se a Jobs em palestras e consultorias que presta a empreendedores.

Felizmente, aos 54 anos, depois de uma licença médica de seis meses para tratar de um transplante de fígado, Steve Jobs está de volta ao comando da Apple. E ele veio com tudo, para a felicidade dos fãs da marca.

Posts relacionados

Comentários