Reviews do Motorola DROID inevitavelmente o comparam com o iPhone 3GS; veja um pouco de tudo

Há poucos dias, publicamos no MacMagazine uma tabelona comparativa entre o Motorola DROID, o iPhone 3GS, o MyTouch 3G e o Palm Pre. De ontem pra hoje, porém, pipocaram na rede vários reviews do novo aparelho, e inevitavelmente todos eles o comparam com o iPhone 3GS — mesmo que ele ameace mais a Palm e a Research In Motion (RIM).

Motorola DROID

Destaquemos aqui, portanto, o que foi falado sobre o produto até então. É bom lembrar que ele chegará amanhã ao mercado internacional, custando US$200 pela Verizon Wireless nos Estados Unidos.

  • Diferenças óbvias entre um e outro, que contam como vantagens no DROID: presença de um teclado físico, câmera com flash, bateria removível e sistema operacional que suporte multi-tarefa.
  • Apesar de não ser tão maior que o iPhone, o DROID é 25% mais pesado — todos se impressionam quando o pegam na mão pela primeira vez.
  • O Android 2.0 trará muitas melhorias (e já ganha pontos positivos por ser aberto e bastante customizável), mas a principal delas é o novo sistema de navegação curva-a-curva desenvolvido pelo Google.
  • A tela de 3,7 polegadas do DROID é maior que a do iPhone e bem bacana, mas, exceto na Europa, ela não contará com multi-touch.
  • O teclado físico do aparelho não é legal: compacto demais, achatado e não conta com um sistema de auto-correção do que você digitar, tal como o virtual.
  • A qualidade de áudio do DROID é muito boa — não só em ligações, como o seu próprio alto-falante, que é mais alto que o do iPhone.
  • O acervo de 12 mil apps do Android Market não pode nem sequer ser comparado com os mais de 100 mil da iPhone App Store. Talvez por isso o Android só ofereça 3 painéis de aplicativos no sistema, enquanto o iPhone OS vai a 11.

As fontes das informações, condensadas, foram os seguintes reviews: The Wall Street Journal, The New York Times, The Associated Press, PC World, Computerworld, Gizmodo, Engadget, CNET e MobileCrunch.

Se você prefere algo mais “visual”, confira esta análise em vídeo produzida pelo TechnoBuffalo:

[youtube]http://www.youtube.com/watch?v=r9YGvLHvUxQ[/youtube]

Abaixo, assista aos comentários de Walt Mossberg:

Mas aqui vale também um espaço para um comparativo de fotos super bacana feito por Andy Ihnatko, do CHICAGO SUN-TIMES. Antes de chegarmos lá, vale a pena dar uma lida neste artigo do colunista, que rebate todas as afirmações da Verizon em sua campanha I Don’t, contra o iPhone.

Andy pode ser um fã da Apple e do iPhone, mas foi muito justo em suas comparações, colocando ambos os aparelhos em ambientes diferenciados e mostrando como as câmeras, lentes e softwares de ambos variam entre si. É bom lembrar que o iPhone 3GS possui um sensor de 3,2 megapixels, enquanto o DROID vem com 5 megapixels. Veja abaixo (clique nas fotos para ampliá-las) por que isso não importa, hoje em dia.

iPhone 3GS vs. Motorola DROID

Câmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROIDCâmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROID

Santo tap to focus… 😉 A imagem do DROID também ficou acinzentada demais.

Câmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROIDCâmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROID

Aqui as cores do iPhone me agradam mais, mas a foto está escura demais e os detalhes do céu se perderam.

Câmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROIDCâmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROID

Um exemplo de mau uso do flash (eu só comeria o da esquerda).

Câmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROIDCâmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROID

Quando o flash se mostra necessário.

Câmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROIDCâmeras do iPhone 3GS vs. Motorola DROID

Aqui, me desculpem, o iPhone matou a pau em todos os aspectos.

. . .

Ok, tudo isso é muito legal, interessa bastante a nós, geeks, mas eu não poderia concordar melhor com a finalização do review de Greg Kumparak, para o MobileCrunch: “A esse ponto, eu sinceramente penso que qualquer escolha faria qualquer pessoa sã absurdamente feliz.” Ditto.

Posts relacionados

Comentários