Google fecha acordo de aquisição com a AdMob por US$750 milhões

O Google anunciou hoje em seu blog oficial que assinou um acordo de aquisição com a firma de publicidade móvel AdMob — sim, aquela que divulga seus números de impressão de anúncios em aplicativos para diversos smartphones, oferecendo uma visão bem ampla e precisa de quais aparelhos são mais usados no acesso desse tipo de conteúdo, entre outras estatísticas. Omar Hamoui e sua equipe construíram uma enorme estrutura para desenvolvedores criarem aplicativos de forma a obter retorno com propagandas, e a gigante de buscas aguarda a entrada dessas pessoas no seu corpo de funcionários.

Compra da AdMob pelo Google

Apesar de todo o crescimento da web móvel nos últimos tempos, o pessoal no Google acredita que esse setor ainda está nos primeiros passos e pode crescer e apresentar inovações — é bom lembrar que a empresa já possui algumas aspirações de produtos destinados a dispositivos móveis, ou seja, ela não está comprando a AdMob para ingressar nessa área. “Nós acreditamos que grandes produtos de publicidade móvel podem incentivar maior crescimento nesse ecossistema. Isso é o que nos anima sobre este negócio”, diz o anúncio escrito por Susan Wojcicki e Vic Gundotra, que trabalham no Google dentro das áreas de gerência de produtos e engenharia.

Eles prometem que os desenvolvedores de sites e aplicativos móveis contarão com melhores produtos e ferramentas, permitindo uma monetização mais eficiente de conteúdo, enquanto anunciantes contarão com anúncios mais relevantes, de maior alcance e até em novos formatos. Por outro lado, a AdMob também continuará trabalhando sem parar no que começou de forma independente até a conclusão da aquisição — e em parceria com o Google, depois de ela ter sido concluída.

Para esclarecer melhor a todos o campo de ação do acordo entre Google e AdMob, foi criado um site oficial com todos os detalhes, números, objetivos e benefícios dele. Nele, fica claro que a gigante de buscas encontrou um parceiro que lhe dará muito mais opções de anúncios no setor móvel do que ela administra hoje, especialmente contando com mais de 15 mil sites e aplicativos já ingressados no uso dos produtos da AdMob.

Em termos financeiros, o acordo firmado entre as duas empresas foi de US$750 milhões em ações. No comunicado oficial à imprensa, o Google informa que não espera nenhuma pressão de agências reguladoras europeias com questões monopolistas, dizendo que os negócios dela “são pequenos” — embora eu acredite que uma companhia com valor de US$750 milhões seja tudo, menos pequena… 😛

Posts relacionados

Comentários