NET Vírtua ultrapassa Speedy pela primeira vez; Anatel aprova compra da GVT pela Telefônica [atualizado]

Logos do Speedy, GVT e NET VírtuaPela primeira vez na história, o serviço de conexão banda larga da NET, maior operadora de TV por assinatura do Brasil, superou em número de clientes o da sua concorrente Telefônica.

O Vírtua fechou o terceiro trimestre de 2009 com 2,79 milhões de clientes, 7% a mais que no Q2 ’09 e 36% a mais que o mesmo período de 2008. Enquanto isso, o Speedy contabilizou 2,58 milhões de assinantes, 5,5% a menos que junho, porém ainda 5% a mais que um ano atrás.

Os números refletem o péssimo ano enfrentado pela Telefônica, há meses proporcionando dificuldades para seus clientes. Em meados de junho, a Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) obrigou a operadora a suspender a comercialização do serviço, e não muito tempo depois este sofreu mais uma pane séria, obrigando a Telefônica a anunciar uma série de reestruturações para ele.

Em paralelo a isso tudo, a Telefônica briga com a Vivendi pela aquisição da GVT — más notícias para nós, feliz clientes desta. Ontem, mesmo impondo algumas restrições, a Anatel aprovou a compra. O negócio, que poderá chegar a R$7 bilhões, será leiloado no próximo dia 19.

[dica do marcio negrini]

Atualização

Boas novas! 😀 O Valor Online acaba de informar que a Vivendi fechou a compra de 50% do capital da GVT em negociação privada, por R$56,00/ação. O negócio totaliza cerca de R$3,5 bilhões.

A negociação ocorreu de forma privada, com os acionistas fundadores — detentores de 30% das ações — e outros dispersos no mercado. Esse era o motivo de tamanho silêncio do grupo francês, desde que a Telefônica elevou sua própria oferta pelos papéis no mercado de R$48,00 para R$50,50.

[…]

A Vivendi tinha a liberdade de realizar a negociação privada com os investidores, uma vez que ainda não havia lançado oficialmente uma oferta pública de compra dos papéis, como fez a Telefônica. O grupo francês havia apenas manifestado sua intenção de comprar a companhia.

O preço pago pela Vivendi representa um prêmio de aproximadamente 6,5% sobre a cotação da GVT na bolsa de valores.

[dica do Emmanuel]

Posts relacionados

Comentários