Camino Project lança versão 2.0 do seu navegador

Ícone do Camino

Depois de quatro betas e uma Release Candidate, o Camino finalmente chegou à versão 2.0, trazendo muitas novidades depois de um ano em desenvolvimento. Esta nova iteração traz muitos recursos interessantes para o browser, que, apesar de ser baseado no mesmo código de renderização de páginas do Firefox, é muito mais integrado aos recursos nativos do Mac OS X.

Camino 2.0

Os desenvolvedores aprimoraram bastante a navegação por abas, incluindo ainda o Tab Overview, um equivalente ao Top Sites do Safari para fácil visualização das suas abas abertas naquele momento — o Camino não armazena imagens de previsão de favoritos ou histórico, aumentando o uso do seu HD. Para proteger você na web, ele traz ainda a mesma proteção contra sites maliciosos usada pelo Firefox.

Dentre os pequenos aprimoramentos, destacam-se os recursos de zoom trazidos do Firefox, um menu para fácil acesso aos últimos sites que você fechou (estejam eles em abas ou janelas) e suporte ao Growl, para informar a você em qualquer canto da sua tela quando um download é concluído. Aliás, o ícone da sua pilha de downloads vai até pular pra informar isso, como no Safari!

Camino 2.0

Também é possível notar melhores opções de acessibilidade, bloqueio integrado de anúncios e Flash, suporte aos mais recentes padrões da web e integração com o corretor ortográfico nativo do Mac OS X e com o Acesso às Chaves (Keychain Access) local. Desenvolvedores também podem automatizar tarefas corriqueiras por meio de AppleScript, outra função bastante interessante que não existe em browsers baseados nas suas mesmas tecnologias, como o Firefox.

Mais informações sobre as novidades do Camino 2.0 podem ser obtidas em seu site oficial. Para baixá-lo, clique aqui.

Posts relacionados

Comentários