Mercado de TVs investe em software para a sua próxima geração

iFlicksEnquanto a TV digital brasileira ainda não se difundiu para todas as casas, alguns mercados internacionais já possuem aspirações para a próxima geração dos televisores, que provavelmente tirará proveito de software para ampliar as possibilidades de entretenimento dos espectadores. Hoje, projetos do tipo já estão acessíveis por set-top boxes (dentre os quais podemos incluir o caso do Apple TV), mas os televisores do futuro não deverão requerer isso, segundo o SFGate.

Publicidade

Diversas fabricantes que se aliaram a empresas de tecnologia tentam explorar possibilidades de software para TVs há algum tempo, com resultados variados. Algumas foram atraídas pelo Yahoo! Widget Engine, que depois de fazer enorme sucesso entre usuários de Windows (ele também está disponível para Mac, mas é ofuscado pelo Dashboard), está prestes a figurar no mercado de televisores com 20 miniaplicativos, que proveem acesso a redes sociais, notícias online e muito mais.

Ao adicionar conectividade com a internet para obtenção de mais conteúdo, emissoras de televisão esperam tornar o entretenimento com programas de TV mais interativo, o que consequentemente atrairia um número maior de espectadores. Talvez a maior concorrência de uma emissora não seja as demais empresas do mesmo setor, e sim as diversas alternativas de conteúdo que podem ser encontradas pela web e levadas para qualquer lugar, dentro de dispositivos móveis.

Publicidade

Sendo possível a conexão de TVs com a internet, diversas atividades interativas tornam-se possíveis. Recentemente, a Adobe se tornou uma das maiores interessadas em ver a nova geração desses aparelhos crescer, pois ela verá desenvolvedores trabalhando com conteúdo rico em Flash para uma nova audiência. Aliás, este é um dos motivos pelos quais o Flash Player 10.1 chegará ao mercado com aceleração de hardware, pois será um fator capaz de tornar futuros produtos mais acessíveis para compra, contando com hardware pouco poderoso, mas, ao mesmo tempo, bastante eficiente.

Até 2013, quase 14 milhões de televisores compatíveis com a web e softwares interativos estarão em residências norte-americanas. Curiosamente, este é um setor que aparentemente interessa à Apple: Gene Munster, analista da Piper Jaffray, já afirmou no passado que espera o lançamento de uma TV da Maçã no futuro.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…