Piada: Psystar pode ter vendido apenas 768 PCs com o Mac OS X instalado

É, não é à toa que ela quase foi à falência: ao que tudo indica, a Psystar incomodou muito mais a Apple do que deveria, fazendo um rebuliço desenfreado e emitindo projeções mercadológicas completamente estapafúrdias para potenciais investidores.

Fachada da Psystar

Numa apresentação realizada ainda em 2008, a Psystar projetou vendas “conservadoras” de 70 mil computadores em 2009, 470 mil em 2010 e 1,45 milhão em 2011. Pensando num “modelo agressivo”, as estimativas pulariam para 130 mil, 1,87 milhão e 12 milhões, respectivamente. Comparativamente, a Apple comercializou 10,4 milhões de Macs no seu ano fiscal de 2009, que terminou no dia 30 de setembro.

Eis a verdade: Dr. Matthew Lynde, que trabalha como consultor econômico na Cornerstone Research, enviou à corte norte-americana, nesta semana, uma declaração de que, com base em análises de notas fiscais, pedidos de compra e outros documentos obtidos com a Psystar, a fabricante de clones de Macs pode ter vendido apenas 768 (sim, menos de mil) computadores com o Mac OS X pré-instalado.

No começo desta semana, a Apple solicitou uma injunção permanente contra a Psystar, depois de ter ganhado a principal das batalhas contra a firma da Flórida.

[via Computerworld]

Posts relacionados

Comentários