iPhones roubados na Bélgica vão parar na Rússia

iPhone roubado na BélgicaHá duas semanas, aproximadamente quatro mil iPhones foram roubados de um galpão na Bélgica, num crime com todo ar de ter sido premeditado. A operadora local (Mobistar) afirmou que bloquearia todos os seriais (IMEIs) dos aparelhos de sua rede, mas, como eles são desbloqueados, era inevitável que aos poucos aparecessem no mercado negro.

E foi o que aconteceu. No final da semana passada, o Cult of Mac divulgou que diversas das unidades já estão sendo ativadas na Rússia. Os aparelhos têm sido vendidos a distribuidores locais em lotes de 100 unidades.

A má notícia, para os aproveitadores, é que a Apple está agora trabalhando com a Interpol no caso e fará de tudo para bloquear definitivamente o uso de tais aparelhos em quaisquer redes compatíveis com eles. Se um dos iPhones conectar-se aos servidores da Apple, a empresa automática e imediatamente enviará informações e solicitações cabíveis às operadoras locais.

Se você estiver na Rússia e decidir comprar um iPhone, vá em Ajustes » Geral » Sobre e confira se o número de modelo do aparelho não termina com NF. Em caso positivo, a possibilidade de ele ser um dos perdidos da Mobistar é muito grande.

Posts relacionados

Comentários