Michael Arrington anuncia morte prematura do CrunchPad; mas será que é pra valer?

Os leitores do MacMagazine que acompanham o mundo da tecnologia de forma mais ampla já devem ter ouvido falar no CrunchPad, um projeto de tablet touchscreen criado por Michael Arrington, editor-chefe do TechCrunch. Tudo começou, basicamente, porque a Apple ainda não lançou a sua iTablet, o que explica muito sobre o mercado até agora não ter chegado a um modelo bem-sucedido para esses produtos.

TechCrunch CrunchPad

Hoje, porém, o próprio Arrington trouxe uma má notícia: a morte prematura do seu projeto. Segundo ele, o CrunchPad estava em estágios finais para entrar em produção, mas uma série de conflitos internos e um problema sério com a fabricante do produto — a Fusion Garage, que queria ficar com todos os seus direitos de produção — impediram que a coisa se tornasse realidade.

Apesar de o anúncio ter sido com um tom bastante definitivo, eu não duvido nada de que vir a público seja uma forma do TechCrunch para conseguir novos investidores/empresas interessadas no produto. Não se surpreendam se, daqui a alguns dias/semanas, uma nova revelação pintar por aí e o lançamento do CrunchPad voltar aos planos de Arrington.

Caso você não tenha ideia do que seja o CrunchPad, estamos falando, resumidamente, de uma tablet de baixo custo (<=US$300) sem grandes recursos ou revoluções, mas com uma tela sensível ao toque de tamanho decente para qualquer um navegar na internet, jogar, assistir a vídeos, etc. As funções seriam básicas, os softwares quase todos open source, mas ainda assim ele seria um possível grande concorrente da iTablet, da Apple.

Posts relacionados

Comentários

Deixe uma resposta