WSJ.com: Apple utilizará Lala para levar o iTunes para a web

Logos da Apple e LalaNão tem muito pra onde fugir: assim que foi confirmada a aquisição do Lala (por um valor ainda incerto — agora se fala de novo em US$85 milhões) pela Apple, iniciaram-se as especulações sobre o porquê da compra e já são discutidas também mudanças importantes na iTunes Store. Embora saibamos que a firma de Cupertino tem grande interesse na equipe que trabalha no Lala, ela provavelmente não encerrará o portal da noite pro dia, e sim o utilizará para levar o iTunes para a web. Pelo menos é isso o que diz o Wall Street Journal.

Sim, o iTunes em breve poderá ganhar uma versão na nuvem, acessível de qualquer lugar com uma conexão à internet. O Lala já permite isso hoje em dia, possibilitando que consumidores comprem e/ou ouçam músicas pela web via Wi-Fi ou 3G. Como a aquisição da empresa é muito recente, os planos da Maçã ainda devem estar em estágios embrionários, mas apontam para isso.

Há um mês, a Apple lançou o iTunes Preview, que agora lista e apresenta conteúdos da iTunes Store diretamente pelo browser. Até um tempo atrás, ninguém poderia sonhar em ter acesso a alguma coisa da loja sem baixar/instalar o iTunes em si. Daí a permitir a compra/acesso aos conteúdos propriamente ditos, a mudança não precisa ser tão drástica.

iTunes na webPara a Apple, porém, a tarefa não será fácil. Há alguns anos, a iTS chegou como a salvadora da pátria na briga contra downloads piratas. Hoje, ela é vista como uma certa vilã das gravadoras, que são obrigadas a submeter-se a imposições e preços definidos pela Apple, que detém a maior parte do mercado. No mundo do streaming, porém, muitas gravadoras acham que podem criar seus próprios serviços, vendendo-os diretamente para os consumidores.

Pensando na difusão do iPhone, do iPod touch e já dando a chegada da iTablet como certa, um iTunes cloud não poderia fazer mais sentido. Com conexões sem fio cada vez mais rápidas e onipresentes, ter nossa biblioteca multimídia sempre à mão e sem ocupar espaço em disco local é fantástico. Na minha opinião, o futuro é esse, e, com a aquisição da Lala, a Apple certificou-se de que não ficará fora da jogada.

De acordo com o WSJ, novidades sobre isso deverão pintar já em 2010. Junte essas especulações todas com a construção de um novo data center da Apple na Carolina do Norte, e muita coisa começa a fazer sentido.

Posts relacionados

Comentários