Mesmo sem acordo com a Verizon em 2010, Apple continuará vendendo mais iPhones nos EUA

iPhone 3GS deitado, de lado

Apesar de o iPhone estar disponível para compra em mais de 80 países e haver forte expectativa por um novo modelo no segundo semestre, o país onde o aparelho mais será vendido continuará sendo os Estados Unidos, de acordo com um analista da Piper Jaffray. Dos 36 milhões de iPhones que a Apple espera comercializar em 2010, 15,8 milhões serão para clientes norte-americanos, isso sem considerar nenhuma parceria com operadoras além da AT&T.

Publicidade

iPhone 3GS deitado, de lado

Novos acordos com outras telecoms ao redor do mundo foram feitos pela Apple durante o ano passado e continuarão a ser vistos em 2010, elevando as estimativas de crescimento internacional do aparelho. Entretanto, a maior parte dos iPhones que serão vendidos durante este ano ainda irá para os Estados Unidos, num ritmo 40% maior do que o constatado em 2009.

A exclusão da operadora norte-americana Verizon nessa análise já é sinal de que os principais pesquisadores não acreditam tanto em um acordo oficial da Apple com ela, após ter sido anunciado recentemente que talvez ele não seja fechado devido a divergências de preços existentes entre ambas. De qualquer forma, ainda existem esperanças de que a próxima geração do iPhone seja compatível com redes CDMA.

[via AppleInsider]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…