Laptop da Asus supera autonomia de bateria (teórica) dos MacBooks Pro

Quem diria, há alguns anos, que hoje seria possível usar um notebook quase durante um dia inteiro de trabalho com uma única carga de bateria, não é mesmo? Embora não seja o ideal, os notebooks da Apple atualmente já proporcionam autonomia de umas seis ou sete horas por carga — talvez mais, talvez menos; só o que não podemos fazer é acreditar na propaganda. 😛 Mas como seria se pudéssemos passar 12 horas trabalhando num portátil sem recorrer ao bom e velho “focinho de porco”?

Bom, é mais ou menos isso que a Asus deseja oferecer com o seu laptop UL80JT, um computador profissional equipado com processador Core i7 e duas GPUs (uma NVIDIA GeForce 310 e a outra integrada da Intel), por um preço bem tentador: US$1.000. Essa máquina, graças a várias técnicas de otimização e controle dinâmico do ritmo de processamento e alternação automática entre GPUs, é capaz de controlar sozinha o seu consumo de energia, além de superar a autonomia de energia do mais caro dos MacBooks Pro.

Claro que isso varia entre as tarefas executadas, mas ao contrário de um MacBook convencional, não é o usuário quem controla o consumo de energia da nova máquina da Asus, e sim ela mesma. É isso aí: sem fazer nada, você poderá ir de tarefas leves a pesadas sabendo que o computador vai aumentar a frequência de operação do Core i7 e alternar entre GPUs conforme preciso. É possível inclusive visualizar isso acontecendo em tempo real, mas não é necessário nenhum controle por parte do usuário.

Bom, 12 horas de duração da bateria, controle automático de uso de energia, Core i7… a Apple tá precisando aprender algo com a concorrência, não acham? 😉

[via Ars Technica]

Posts relacionados

Comentários