Mozilla faz mudanças no processo de desenvolvimento do Firefox e cancela versão 3.7

Ícone do Firefox (com sombra)

Mike Beltzner, diretor da Mozilla para o Firefox, revelou hoje ao Computerworld que ela realizará mudanças no processo de desenvolvimento do seu navegador, a fim de entregar novidades mais rapidamente para os usuários. Em vez de lançar updates grandes para o produto a cada 6 ou 12 meses, a desenvolvedora adotará uma estratégia mais rápida, integrada aos seus updates de segurança, que conterá pequenos conjuntos de novas funções e tornará o produto cada vez melhor do que no modelo atual.

Isso mudará um pouco o processo que havia sido planejado durante o ano passado, que previa o lançamento de duas versões grandes do Firefox em 2010. Após a versão 3.6, a Mozilla já possui planos de oferecer um pequeno update para ela, que separará os plugins em processos distintos nas máquinas dos usuários, aumentando um pouco a resposta delas durante a navegação e evitando o seu travamento devido a estes pequenos componentes “indispensáveis” no dia-a-dia.

Aparentemente, os usuários só terão a ganhar nesse novo modelo, pois funções importantes chegarão até eles rapidamente e beneficiarão sua experiência de uso. Infelizmente, haverá muita coisa que, por motivos de complexidade, não ficará pronta no ritmo para entrega dessas pequenas atualizações — como mudanças na interface do aplicativo —, mas toda a funcionalidade que adequará os usuários para rodar aplicações mais complexas na web — ou tirar proveito dos novos padrões — poderá entrar nelas.

Entretanto, antes de esses planos começarem a ser postos em prática, a Mozilla entregará aos seus usuários o Firefox 3.6, que aprimora bastante a navegação em relação à atual versão 3.5. Os desenvolvedores ainda estão investigando problemas no produto, mas a expectativa de lançamento dele é para o final de janeiro.

Posts relacionados

Comentários