Ameaça terrorista em Apple Retail Store culmina na prisão de garoto de 17 anos

“Brincadeira de criança” tem limite: Jason Barry, um garoto de 17 anos, foi preso ontem pela manhã após deixar uma ameaça terrorista na Apple Retail Store de Staten Island, em Nova York.

Publicidade

Jason teria escrito uma nota prometendo “matanças sangrentas usando uma bomba” na tela de um dos Macs da loja, assinada no nome do pai de um dos seus amigos. Assim que ele deixou o estabelecimento, um empregado da loja entrou em contato com a polícia.

Publicidade

Na delegacia, Jason pediu desculpas pela “brincadeira inocente” e disse que pretendia apagar a mensagem. Felizmente, o procurador Daniel Donovan não engoliu a declaração e afirmou que a ameaça deve ser considerada tão séria e preocupante como qualquer outra.

Eis o texto, na íntegra:

I have threatened your store and all its employees with a bloody death … whoever the crew maybe working, or the innocent citizens that walk in … will be eliminated with the force of a… bomb loaded with C4, strapped to my chest.

Se condenado, Jason poderá pegar até sete anos de prisão.

Publicidade

[via Macenstein]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…