YouTube inicia testes com novo player livre de Flash

YouTube com player HTML 5
Note que não há controles para exibição em tela cheia e aumento da qualidade do vídeo — o novo player é bem limitado.

O YouTube anunciou hoje que iniciou testes com um novo experimento para oferecer um player livre de Flash para os seus vídeos, quando visualizados pelos usuários no seu site oficial — ou seja, ainda não é possível realizar embed deles em outros sites com o novo formato. Baseado na tag <video> do padrão HTML5, o novo player usa conteúdo codificado com a tecnologia QuickTime (codec H.264), portanto é bastante otimizado para visualização em Macs e não requer muito poder de processamento, confiando mais no hardware gráfico das máquinas recentes da Apple — especialmente com o Snow Leopard.

YouTube com player HTML 5
Note que não há controles para exibição em tela cheia e aumento da qualidade do vídeo — o novo player é bem limitado.

Isso significa que, a partir de hoje, uma parte do vasto conteúdo encontrado no YouTube pode ser vista sem a necessidade de Flash, o que é muito bom, julgando que vários usuários reclamam do fato de ele ser meio pesado/instável. Entretanto, o experimento ainda está nos seus primeiros estágios e não suporta todas as funções atualmente presentes no YouTube com o player em Flash, a exemplo de anotações, legendas, anúncios publicitários e opções para visualização em tela cheia. Além disso, conteúdo em alta definição também não é suportado pela implementação atual.

Usuários interessados em conferir a novidade podem fazê-lo indo até o repositório de experimentos do YouTube, onde é possível ativar o recurso “HTML5 Video” — atente para o fato de que ele não é suportado em todos os browsers, estando limitado apenas ao Safari e ao Chrome devido ao suporte a QuickTime sem a necessidade do plugin. O Firefox suporta HTML5 Video, mas por meio de um formato aberto que é incompatível com os vídeos do YouTube sem Flash.

Julgando que o novo player do YouTube não suporta todos os vídeos disponíveis, talvez os usuários do Safari tenham uma experiência ainda melhor com o novo padrão de vídeos mediante a instalação do ClickToFlash, um add-on gratuito que não influencia de nenhuma forma negativa a sua navegação. Além de bloquear anúncios e conteúdo Flash indesejado, ele também possibilita a visualização de vídeos nesse formato otimizado utilizando os controles padrão do QuickTime, possibilitando acesso a um modo tela cheia para visualização de vídeos em HD e muito mais.

Posts relacionados

Comentários