Destaques e pontos abordados pela Apple em sua conferência de resultados financeiros para o 1º trimestre fiscal de 2010

Hoje, a Apple anunciou aos seus investidores e analistas financeiros um dos melhores trimestres fiscais de sua história, com enorme aumento em receita e lucro líquido em relação ao trimestre anterior e também ao mesmo período de 2008. A conferência realizada hoje contou com a participação de Peter Oppenheimer (chefe-executivo de fianças) e Tim Cook (chefe-executivo de operações), possibilitando que muitas informações a respeito do estado da empresa pudessem ser informadas aos espectadores.

A seguir, você confere um resumo do que foi relatado pelos executivos:

Negócios Regionais

  • As vendas da Apple fora dos Estados Unidos representaram 58% do que foi arrecadado no trimestre, com grande atenção no mercado europeu, que arrecadou mais de US$5 bilhões e vendeu mais de um milhão de Macs;
  • Em alguns países europeus, as vendas de Macs cresceram mais de 40%;
  • A China foi o mercado onde o Mac mais cresceu, com o dobro das vendas em relação ao trimestre anterior;
  • Nas Américas, foram arrecadados mais de US$6 bilhões em vendas; no total, foi vendido 1,187 milhão de Macs no continente;
  • No Pacífico, foi arrecadado US$1,183 bilhão em vendas, com 313 mil Macs vendidos;
  • No Japão, foram arrecadados US$783 milhões, com 105 mil Macs vendidos;
  • Em relação ao total de iPhones vendidos no trimestre, foram arrecadados US$5,578 bilhões em produtos e serviços acerca do aparelho;
  • Neste trimestre, também houve enormes ganhos registrados na receita gerada em periféricos (US$469 milhões), software (US$631 milhões) e produtos/serviços ligados ao negócio musical da empresa (US$1,164 bilhão).

Mac

  • Foram vendidos 2,128 milhões de MacBooks (+Pro) e 1,234 milhão de Macs desktop;
  • O crescimento nas vendas de desktops foi assustador (70%), acompanhado pelo enorme aumento na receita gerada por elas (superior a 60%);
  • Os usuários estão muito satisfeitos com os iMacs e os novos MacBooks, especialmente no mercado educacional, cujas vendas cresceram 16%;
  • As vendas de notebooks tiveram crescimentos anuais modestos em total de unidades (18%) e receita (9%), mas foram piores do que no trimestre passado, caindo 6% e 5%, respectivamente;
  • O mercado profissional aparenta ter movimentado as vendas de software para Mac durante o trimestre em todos os setores nos quais a Apple atua.

iPod + iTunes

  • Foram vendidos 21 milhões de iPods durante o último trimestre. Embora existam quatro modelos na linha de tocadores musicais da Apple, ela apenas destacou o crescimento anual do iPod touch (65%) durante a conferência de hoje;
  • O preço médio pago por iPod caiu 9%, mas a receita subiu 1%;
  • Aparentemente, o domínio da Apple sobre o mercado de tocadores musicais cresceu consideravelmente. Agora, está próximo dos 70%;
  • A iTunes Store quebrou mais uma vez todos os recordes de vendas em um trimestre, com fortes números de músicas (num catálogo com mais de 10 milhões), filmes (num catálogo com mais de 8 mil) e aplicativos (num catálogo com mais de 100 mil).

iPhone

  • Conforme já relatado, foram comercializados 8,7 milhões de iPhones no trimestre — 100% a mais que em 2009. O grande fator que contribuiu para isso foi a adição de 17 novas operadoras com o aparelho no trimestre, elevando a sua disponibilidade para 86 países;
  • A adoção empresarial do aparelho dobrou com o lançamento do iPhone 3GS, há seis meses. Cerca de 70% das 100 maiores empresas do mundo no ranking da Fortune o adotaram para uso interno;
  • A concentração da Apple com o iPhone deixará de ser direcionada para a sua expansão mundial, o que significa que veremos muito mais melhorias na sua experiência de uso e compra do que antes. De acordo com Tim Cook, a Apple deverá mover-se mais devagar no mercado móvel, a fim de fortalecer sua marca única;
  • O processo de aprovação da App Store vem mostrando números estáveis — 90% dos apps são aprovados em duas semanas ou menos. A maior parte dos casos de rejeições são bugs em código, em vez de serem apenas questões de conteúdo inapropriado.

Apple Retail Stores

  • As lojas da Apple venderam 690 mil Macs, gerando US$1,97 bilhão em receita;
  • Cerca de 50% das vendas de Macs nessas lojas foram para novos usuários;
  • Dez novas lojas serão abertas no primeiro trimestre de 2010;
  • Em 2009, a Apple finalizou o seu negócio de varejo com 283 Retail Stores em 10 países — 100 delas foram reformadas durante o último ano. Como resultado do aumento no número de lojas, a receita subiu para US$7,1 milhões por loja, contra US$7 milhões registrados no fim de 2008.
  • Quase 51 milhões de usuários visitaram as lojas da Apple durante o último trimestre, sendo 289 mil deles assinantes do programa One to One.

O próximo trimestre fiscal da Apple (Q2 ’10) e outros assuntos abordados

  • Foi estimado um valor máximo de 11,4 milhões em receita para março;
  • Margem de lucro total deverá ser de 39%, enquanto gastos operacionais foram estimados em US$1,64 bilhão;
  • A Apple planeja gastar US$190 milhões em compensação de ações, mas os lucros por ação no próximo trimestre ainda poderão atingir um máximo de US$2,18;
  • Em caixa, a Apple possui quase US$40 bilhões, sendo um excelente número para uma empresa de tecnologia. A companhia não parou de angariar capital durante todas as fases ruins da economia mundial;
  • Algumas perguntas foram feitas acerca do fim da parceria da Apple com a AT&T para a venda do iPhone nos Estados Unidos. Entretanto, nenhum executivo mencionou a Verizon Wireless nas respostas, preferindo destacar o conhecimento dos problemas técnicos de sua parceira, bem como a confiança em seu plano de melhorias na infra-estrutura de rede, que deverá ser executado durante todos os meses deste ano;
  • Também foram feitas diversas perguntas acerca dos novos métodos contábeis que a Apple adotará a partir deste ano. De acordo com os executivos, a nova forma ampliará os números de receita obtidos no trimestre, por permitir a contabilização de lucros em produtos como o iPhone no momento da venda para o usuário. Espera-se ainda que eles possam eliminar a necessidade de uma taxa para o upgrade do iPod touch.

Posts relacionados

Comentários