iPhone já representa maior parte do faturamento da Apple — de longe!

Quem diria que, em menos de três anos, um produto que nem sequer existia poderia se tornar o maior negócio de uma companhia de tecnologia gigantesca com mais de três décadas de vida?

É o que aconteceu com a Apple e o iPhone, veja só:

O gráfico, compilado pelo Silicon Alley Insider, dá uma visão geral do quanto cada negócio da Maçã representa hoje no faturamento da empresa — o qual totalizou US$15,68 bilhões no primeiro trimestre fiscal de 2010. Vendas de iPhones corresponderam a US$5,6 bilhões, contra US$4,5 bilhões de Macs e US$3,4 bilhões de iPods.

Olhar para a imagem acima também deixa claro o quanto a Apple é uma empresa de hardware — e que usa seus sistemas operacionais e softwares para impulsionar essas vendas. Isso comprova por que ela nunca lançaria uma versão do Mac OS X para PCs convencionais, por exemplo.

Como será que estará o iPad nesse gráfico, daqui a uns dois anos? 😉

Posts relacionados

Comentários