Seria o iPad um gadget especial para distribuição de histórias em quadrinhos?

Enquanto Steve Jobs e seus executivos estão focados em fazer do iPad um produto especial para acesso à web, leitura de livros, comunicações e entretenimento multimídia, há diversas possibilidades de conteúdo impresso digital que ainda faltam ser expostas adequadamente nesse novo produto. O que o iBooks representa até o momento é legal, mas eu fico imaginando o que aconteceria se a maioria das editoras buscasse um modelo de aplicativo semelhante ao do The New York Times, ou seja, otimizar um app para tirar proveito da qualidade da sua tela e do espaço que ela oferece para uma leitura interativa e divertida.

Quer um exemplo? Que tal histórias em quadrinhos? 🙂 Assista atentamente ao vídeo/conceito a seguir, feito pelos desenvolvedores do app Comics — que está disponível na App Store:

[vimeo]http://vimeo.com/9029643[/vimeo]

Uma das coisas que torna a experiência do Comics no iPhone um tanto tortuosa (ao menos, para mim) é a falta de um jeito mais confortável de ler conteúdos. A tela do gadget possui uma ótima qualidade, mas é pequena demais para conseguirmos ver as imagens com clareza e ficarmos mais envolvidos com a história. Entretanto, uma tela de maior resolução e alta difusão de cor como a do iPad aparenta solucionar esses problemas, oferecendo uma experiência de leitura muito mais divertida para quadrinhos.

O melhor é que aparentemente já existe uma concorrência formada nesse tema: segundo o Gizmodo, a Panelfly, outra distribuidora de HQs para a App Store, também está com novos conceitos de um app totalmente novo para leitura desse conteúdo no iPad. O redesign do produto talvez marque uma mudança no modelo de negócio para venda de conteúdo, visando popularizá-lo através de alternativas de compra mais acessíveis para os usuários.

Posts relacionados

Comentários