Intel enfrenta problemas para manter demanda de novos processadores para portáteis

Os novos processadores Core i3, i5 e i7 introduzidos para portáteis pela Intel em janeiro começaram a se tornar peças difíceis de conseguir, segundo o DigiTimes. A empresa, que está ocupada mantendo a produção em ritmo acelerado, ainda não conseguiu dar conta do sucesso das máquinas baseadas em sua tecnologia mais recente, que nem mesmo incluiu a Apple até o momento.

Publicidade

No momento, apenas a Acer é citada como uma empresa que teria conseguido uma encomenda grande de chips antecedendo problemas de demanda, mas não se sabe se outras fabricantes conseguiram o mesmo sem aparecerem na mídia. A Apple é bastante citada no assunto por estar supostamente prestes a lançar novos MacBooks Pro, mas não há como saber se ela fará isso em breve ou não.

Caso a Maçã seja afetada por uma falta de chips no mercado, será difícil garantir o lançamento de seus novos notebooks profissionais a curto prazo. Na pior das possibilidades, ela deixará para fazer isso em junho, quando é cogitado o lançamento de um novo LED Cinema Display e do Mac Pro 2010.

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…