Apple em rota de colisão com o Google: “iAd” poderá chegar como uma nova plataforma de publicidade móvel

Logo da Quattro Wireless

A novidade não é lá tão surpreendente, depois do que aconteceu nos últimos meses. No comecinho de janeiro, a Apple adquiriu a Quattro Wireless (em resposta ao fato de o Google ter abocanhado a AdMob), uma companhia de publicidade móvel; logo depois, já surgiu um rumor de que a Maçã poderia “revolucionar a indústria de publicidade móvel”; a contratação de dois especialistas no ramo, no início de fevereiro, aqueceu ainda mais os rumores; por fim, no começo deste mês, novas vagas de emprego indicaram que a firma de Cupertino estaria com planos de montar uma equipe de desenvolvimento focada em marketing.

Ontem, o MediaPost veio com a bomba: no dia 7 de abril (sim, quatro dias depois do lançamento do iPad nos Estados Unidos), a Apple poderá apresentar a “iAd”, sua própria plataforma de publicidade móvel. Para Steve Jobs, o projeto deverá sacudir bastante o mercado e, é claro, colocará a Apple em mais uma rota de colisão com o Google — que tem o AdWords e o AdSense como suas duas grandes minas de ouro.

O projeto seria todo baseado na tecnologia e expertise da equipe da Quattro Wireless, na qual a Apple investiu US$275 milhões. E, curiosamente, viria bem antes de o Google anunciar e/ou consolidar qualquer novidade com relação à AdMob, a qual comprou por US$750 milhões dois meses antes do acordo similar da Apple.

O mundo da propaganda não é constituído nem por software nem por hardware, duas áreas em que a Apple possui bastante experiência. Será que, mesmo assim, ela conseguirá trazer algo que realmente proporcione uma nova revolução? Veremos…

[via Silicon Alley Insider]

Posts relacionados

Comentários