iAd: suposta plataforma de anúncios da Apple possui potencial, mas ajudará o Google e a AdMob

Peter Kafka, um dos colunistas da rede de tecnologia do The Wall Street Journal, sugere que a plataforma de publicidade móvel que Apple deverá anunciar amanhã favorecerá bastante o acordo entre a AdMob e o Google, atualmente barrado pela Federal Trade Commission (FTC) nos Estados Unidos. Agora que a turma do Steve Jobs está preparando um sistema de anúncios para apoiar a maior plataforma móvel do mercado em número de apps e downloads, a gigante de buscas pode se aproveitar para conseguir finalizar legalmente a aquisição da AdMob — visto que isso não culminará num monopólio.

Publicidade

Conforme já noticiamos, o iAd seria um sistema de anúncios da Apple concebido a partir da aquisição da Quattro Wireless. Não há como saber o que é possível por meio dele, mas, como a empresa possui facilidade em propagar novidades do seu SDK a desenvolvedores, tal novidade ofuscaria bastante a influência da AdMob (e, consequentemente, do Google) na App Store. Dessa forma, o mercado de anúncios móveis pode ficar bem acirrado entre diferentes iniciativas.

Entrar no ramo de publicidade móvel pode ser bom para a Apple, porém, se isso acontecer, será melhor ainda para o Google, que concretizará a aquisição da AdMob e poderá expor suas próprias opções de publicidade em múltiplas plataformas com um enorme mercado à disposição. Se tudo correr conforme previsto pelos rumores, a gigante de buscas certamente pressionará a FTC a agilizar o seu caso com a AdMob.

Publicidade

Quanto às questões técnicas do tal iAd, a possibilidade mais aceita é que o uso dele seja bastante integrado ao sistema e a ferramentas de desenvolvimento, tendo como base um esquema de divisão de receita similar ao que a Apple adota para a App Store — no qual 70% dela vai pro desenvolvedor. Eu penso em coisas além disso — como a possibilidade de usar diversos tipos de composições gráficas e animações em peças publicitárias —, mas vou esperar pacientemente até amanhã, sem me preocupar com especulações.

[via Engadget]

Posts relacionados

Comentários

Carregando os comentários…