Apple lança nova linha de MacBooks Pro; mais rápidos, gráficos aprimorados e até 10h de bateria

MacBook Pro de frente

Como já era esperado há tempos, a Apple atualizou hoje sua linha de laptops profissionais. Os novos MacBooks Pro trazem a mais nova geração de chipsets gráficos NVIDIA e uma bateria de ainda maior duração.

MacBook Pro de frente

O MacBook Pro de 13 polegadas vem com processador gráfico NVIDIA GeForce 320M (até 80% mais rápido que o da geração anterior) e uma bateria embutida que promete até 10 horas de autonomia.

Já os modelos de 15 e 17 polegadas já incorporam os chips Core i5 e i7 da Intel, além de uma nova tecnologia de alternação gráfica automatizada da Apple, permitindo uma troca rápida e suave entre a poderosa NVIDIA GeForce GT 330M e o processador Intel HD Graphics, mais econômico.

“O novo MacBook Pro é tão avançado por dentro quanto é bonito por fora”, afirmou Philip Schiller, vice-presidente sênior de marketing mundial de produtos da Apple. “Com processadores mais rápidos, gráficos impressionantes e até três horas a mais de autonomia de bateria, o novo MacBook Pro entrega tanto performance quanto eficiência.”

Os modelos de MacBooks Pro 13″ trazem processadores Intel Core 2 Duo, 4GB de RAM, bateria de 10 horas e o chipset gráfico NVIDIA GeForce 320M. Esta traz nada mais nada menos que 48 núcleos de processamento — é o processador gráfico integrado mais rápido do mercado. O MBP mais compacto será comercializado em duas versões: uma com chip de 2,4GHz e HD de 250GB, a US$1.200 (R$3.800, no Brasil); a outra, com um chip de 2,66GHz e HD de 320GB, por US$1.500 (R$5.100 por aqui).

Novos MacBooks Pro

Já os modelos de 15″ e 17″ prometem ser até 50% mais rápido que os anteriores. Os chips Core i5 e i7 da Intel são fabricados pelo processo de 32 nanômetros, trazendo um controlador de memória integrado e cache Level 3 que proporciona um acesso mais eficiente à memória do sistema. A tecnologia Hyper-Threading da Intel aprimora a saída de dados através da criação de núcleos de processamento virtuais, enquanto o Turbo Boost otimiza a performance entre os dois cores do chip, acelerando o sistema de 2,66GHz para 3,06GHz em tarefas intensas que realmente requerem o uso dos dois núcleos, ou até 3,33GHz para tarefas de apenas um núcleo.

Todos os MBPs maiores trazem dois chipsets gráficos — a NVIDIA GeForce GT 330M para performance máxima e a Intel HD Graphics, mais econômica. Trazendo mais do dobro da performance da GeForce 320M, a GeForce GT 330M promete gráficos suaves e nítidos — perfeitos para jogos 3D, softwares criativos e aplicativos técnicos. A tecnologia de alternação da Apple faz a troca entre os processadores gráficos automaticamente, a partir das necessidades dos programas em execução. Isso proporciona sempre a melhor performance, enquanto trabalha numa melhor autonomia para o notebook. Os modelos de 15″ e 17″ podem chegar a 8-9 de autonomia de bateria, numa única recarga.

Os MacBooks Pro de 15″ estarão disponíveis em três modelos: Core i5 de 2,4GHz com HD de 320GB, por US$1.800 (R$6.500 no Brasil); Core i5 de 2,53GHz com HD de 500GB, por US$2.000 (R$7.100 por aqui); e Core i7 de 2,66GHz com HD de 500GB, por US$2.200 (R$7.700 em terras tupiniquins). Já os de 17″ chegarão ao mercado em uma única configuração básica: Core i5 de 2,53GHz com HD de 500GB, por US$2.300 (R$8.200 na Apple Online Store Brasil). A partir deste, a máquina pode ser customizada pelo usuário, é claro.

De acordo com a Apple, o trackpad Multi-Touch de vidro dos MacBooks Pro agora suporta rolagem “inercial” — prometendo uma maneira interativa de navegar por bibliotecas de fotos muito grandes ou páginas da web e documentos longos. Os displays de todos os modelos continuam retroiluminados por LED, chegando a 1680×1050 pixels de resolução na versão de 15″ e até 1920×1200 pixels na de 17″. Qualquer MBP pode ser configurado com drives de estado sólido (SSDs), disponíveis nas capacidades de 128GB, 256GB e 512GB.

MacBook Pro fechado

No lado ambiental, mais uma vez a Apple conquistou o selo EPEAT Gold e atende a todos os requerimentos Energy Star 5.0, fazendo esta “a linha de notebooks mais verde da indústria”. A carcaça unibody dos laptops é feita de alumínio altamente reciclável, bem como seus displays retoiluminados por LED são livres de mercúrio e utilizam vidro livre de arsênio. Nenhum Mac contém retardantes de chama brominados ou PVC, e todos são fabricados com materiais altamente recicláveis.

Posts relacionados

Comentários