Agência de publicidade recebe visita de equipe da Apple sobre o iAd

O publicitário Ilya Vedrashko, da agência Hill Holliday, recebeu uma visita de membros da equipe da Apple para o iAd, sua nova plataforma de publicidade móvel. O encontro serviu para discutir detalhes sobre os anúncios que a empresa espera veicular através de aplicativos para usuários de iPhones e iPods touch, que receberão suporte a isso com o futuro firmware 4.0.

Em seu relato sobre a visita, Vedrashko falou brevemente sobre alguns aspectos do funcionamento do iAd perante agências. No que diz respeito ao preço para veiculação de “anúncios”, ficou claro para a Hill Holiday que colocá-los aos olhos dos usuários em gadgets da Apple não será uma brincadeira barata. A empresa aparentemente está disposta a posicionar seu novo serviço como um espaço de divulgação de conteúdos, produtos e serviços de alta qualidade, ou seja, não será algo para qualquer um.

Mas essa qualidade é o que deverá tornar o serviço da Apple bastante interessante para os usuários, segundo Vedrashko. Desde a ideia de diferenciar os anúncios com o logo “iAd” até o fato de que eles não fecham o app atual em nenhum momento, tudo aparenta ser perfeito para atrair usuários com propagandas interessantes para o dia-a-dia.

Confirmando o que foi dito no MacMagazine há alguns dias, as primeiras peças da plataforma iAd realmente serão construídas pela Apple, que apenas liberará um SDK para isso depois que o serviço se popularizar. Embora tudo seja feito em HTML5, parece que a empresa está realmente interessada em aprender com agências de propaganda antes de soltar recursos de criação em larga escala.

Devido ao fato de a Hill Holiday ser uma agência bastante conceituada, fica claro que a Apple adorará trabalhar com esses profissionais mais conhecidos no início do iAd (e vice-versa). Conforme a base de anúncios da rede da Apple for crescendo, ela começará a adaptar a visualização deles no iPhone OS ao gosto dos usuários por apps, o que seria mais um benefício de ter esse sistema integrado ao sistema móvel.

[via MacRumors]

Posts relacionados

Comentários